Popwalker

Sabe aquele tipo de propaganda que se arrasta pela tela? Aquilo sem ser pop-up ou pop-under? Aquilo que não tem o X pra fechar? Aquilo que às vezes vem combinado com sonzinho, tipo um que vi outro dia um ovo *sblosh** escorrendo pela tela? Aquilo que só fecha com Alt+F4 e de quebra vai-se o site que você pretendia ver? Aquilo que geralmente pára bem em cima da notícia interessante e você tem que esperar vários segundos até ele resolver sair?

Pois é.

Eu odeio aquilo.

Quianças

Pra pessoa que chegou aqui atrás de “pensamentos crianças” [quarto resultado em 28.600 encontrados!!], aqui vai um fresquinho:

- Ai!

- Que foi, Memê?

- Bati o queixo do braço na porta.

- Não é queixo, é cotovelo.

- Queixo.

E vai você teimar…

Outro:

- Cadê meu mamacão?

- Seu o quê??

- Meu mamacão, tia!

- Ah… Seu ma-ca-cão?

- É, meu mamacão.

Jane Eyre – Zefirelli

Outra pesquisa legal: “jane eyre zefirelli dvd”. Resultado único.
;o))

Mas dessa vez não posso ajudar muito… Na CD Point diz que tem – mas sem foto da capa ou sinopse ou ficha técnica não confio muito. E por oitenta e dois contos de réis acho meio salgado, principalmente porque a versão do Zefirelli não é tão joinha como a de Orson Welles, que custa a metade do preço no Submarino… Embora seja assistível, claro. É só abstrair da presença de William Hurt como o *atormentado e viril* Edward Rochester.

E sabe o que dá pra descobrir assistindo a versão zefirelliana? Que Harry Potter é primo de Jane Eyre!! Fiona Shaw, a Tia Petúnia de Harry, é a Sra. Reed, casada com um tio de Jane. É ela quem a tranca num armário escuro, tem um filho glutão mimado e perverso e manda a pequena Jane Eyre para o colégio de Mr. Brocklehurst – que infelizmente não é nenhum Dumbledore.

Mas tem o Dr. Rivers.
;o)

Fanta

Fanta ananásVoltando ao assunto “sabores de Fanta”, para desgosto do Tonho, Tio Nuno [ah, super preguiça de pôr link do pessoal que já está ali no Bookmark!!] contou que em Portugal tem Fanta ananás.
:o)))

Procurando a latinha achei, num site alemão, outros sabores de Fanta – inclusive de *cassis*!! Eu gostaria de saber o que Hercule Poirot acharia disso…
;o)

Continuar lendo

O golfinho xadrez

Era uma vez um golfinho xadrez que vivia triste e solitário. Ele era discriminado pelo seu grupo de golfinhos xadrezes porque tinha três asas e seus companheiros tinham apenas duas asas.

O golfinho tri-alado tentou fazer amizade com outro grupo de golfinhos mas também foi discriminado porque este outro grupo tinha no dorso bolinhas coloridas e eles achavam o seu padrão xadrez muito sério.

O golfinho xadrez passou a acompanhar seu grupo à distância, mesmo acabrunhado. Golfinhos são seres gregários e não gostam de viver sozinhos. Enganava, assim, a si mesmo durante o dia e chorava durante a noite.

Continuar lendo

O enigma da pirâmide

O enigma da pirâmide[Young Sherlock Holmes, 1985]

Apesar de gostar muito de livros de suspense, de A. Conan Doyle só tenho Um Estudo em Vermelho, justamente o livro de estréia do detetive adicto. Tinha recém-lido quando assisti O Enigma da Pirâmide na Sessão da Tarde pela primeira vez.

O filme misturava dois assuntos que eu adorava, história de detetive e mitologia egípcia. Achei impressionante a possibilidade de existir uma pirâmide nos subterrâneos de Londres, as técnicas de mumificar sete jovens vivas, o primeiro embate intelectual entre Holmes e Moriarty [eu torcia descaradamente pelo Prof. Moriarty, confesso].

Continuar lendo

Doce de abóbora coração

Doce de abóbora coraçãoQuer me tirar do sério é aparecer com um doce de abóbora em formato de coração na minha frente. Se for fresquinho, então, com a casquinha bem fina firme e o recheio cremoso que você tem que segurar com o maior cuidado pra não amassar, aí já era.

Gosto desse doce mais do que gosto de chocolate – e isso não é pouca coisa! Uma vez prestei serviço ao pessoal da fábrica de doces da cidade e eles “pagaram” com uma caixa de coração de abóbora. Foi a semana mais profícua da minha vida.
:oD

O de batata-doce, por outro lado, não vejo muita graça… Inventaram também de modelar o doce de abóbora em formato de canoinha – hmmm, melhor dizendo, em formato baguete como se diz em joalheria. Não fica a mesma coisa, *tem* que ser formato coração.

Substituto à altura só os cubos de abóbora cristalizada mineiros. Mas esses são difíceis de achar por aqui…
:o(