O morro dos ventos uivantes – livro

O tradutor é um traidor? Pá, sei lá, só sei que não gostei da edição de O Morro dos Ventos Uivantes que saiu pela Nova Cultural. A moça que cuidou de verter para o português o romance da insociável Emily Brontë se embrulhou toda: traduziu metade dos nomes próprios dos personagens e lugares e deixou a outra metade no original.

Foi assim que Catherine virou Catarina/Cathy, Joseph virou José, Helen virou Helena/Nelly enquanto Heathcliff e Hareton não sofreram danos decorrentes do surto da tradutora [apenas os da autora, como deve ser]. Wuthering Heights foi fielmente lavrado ‘O Morro dos Ventos Uivantes’ [Nelly, querida, passearei feliz pelo O Morro dos Ventos Uivantes e já volto.] enquanto Thrushcross Grange continuou Thrushcross Grange todo o livro. Já que estragou o charme da narrativa pelo menos mantivesse a coerência.

Update: O nome da tradutora é Silvana Laplace. E Grange é com g e não j como eu tinha escrito…

About these ads

3 comentários sobre “O morro dos ventos uivantes – livro

  1. Pingback: Rato de Biblioteca » Blog Archive » O Morro dos Ventos Uivantes

  2. Pingback: Wuthering Heights / O Morro dos Ventos Uivantes « Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s