O Lenhador

Pôster do filme O LenhadorIncomodada.

Foi como me senti durante os pouco mais de 80 minutos que durou esse filme. Primeiro porque me lembrou imensamente o filme anterior de Kevin Bacon, “Sobre Meninos e Lobos” – só que desta vez ele estava do outro lado da moeda. O tema é espinhoso [pedofilia] e podia escorregar fácil num enfoque mais maniqueísta. Talvez pelo fato de ser dirigido por uma mulher, talvez pelo fato de que foi o primeiro filme da diretora Nicole Cassel, ele não escorrega. O personagem de Kevin Bacon chega, em alguns momentos, a despertar empatia na tela. Ou talvez, ainda, porque a personagem que mais me enojou foi uma preconceituosa e revanchista Eve.

Além do camaleônico Bacon, outro que está muito bem é o compositor/cantor de hip hop Mos Def como o sargento responsável pela condicional de Walter.

Vale a pena, mas é bom ter algo leve à mão para rebater um certo desconforto depois que acaba.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s