Oscar 2006

O blogue PdUBT tem a honra de iniciar uma nova tradição: pelo segundo ano consecutivo apresenta sua própria premiação para o Oscár [v. aqui a primeira edição].

Para seguir o script estritamente, temos uma espiada no episódio do Big Bode Besteirol que precedeu a transmissão do Oscar propriamente dita – pelo menos as partes que consegui ver entre cochiladas. Foi uma surpresa descobrir que as pessoas ali sabem ler: vi pelo menos três livros diferentes nas mãos dos participantes. A Profecia Celestina de James Redfield, O Monge e O Executivo de James C. Hunter e Jesus, o maior psicólogo que já existiu de Mark Baker. Não por nada, não por nada, tudo de auto-ajuda. Fim da espiada, vamos à premiação.

Troféu Eu Sou Eu e Não Tem Pra Mais Ninguém de mais bem-vestido – versão hômi
Morgan Freeman, pelo segundo ano seguido. O homem é um dândi.

Continuar lendo