Poison Uncensored

Buscando o videoclipe da música citada abaixo, descobri que existem duas versões disponíveis: a asséptica pra passar na MTV e a original, que mostra a menina-veneno nua e de frente, ou seja, com os bicos dos seios aparecendo. Isso em 1989. Oh, certo, se considerar que outro peito provocaria tanto escândalo mais de década depois [Janet Jackson no intervalo do SuperBowl] isso nem seria de se espantar tanto; mesmo assim ainda acho que o único fator que desabona Alice Cooper não é o alcoolismo [superado], o assassinato de galinhas [superado - e falso, além de tudo], o sexismo ou a fase glam-rock – e sim o apoio a George W. Bush. Mas como ninguém é perfeito…

O clipe embutido no poste é a versão censurada, com a modelo vestindo um corpete e sem as cenas de simulação sado-masoquista. Tou tentando subir os 90MB da versão sem censura na Videoteca. Versão disponível.

I want to hurt you just to hear you screaming my name*

Semana passada, cidadã disse que estava com vontade de comer sushi.

Sugeri matar um japonês que conhecesse móde ser chamada para o hooji [se o morto for budista, cRaro].

Dois minutos depois, lembrei daquele tal teste psicológico pra descobrir se uma pessoa é psicopata [o das irmãs].

Será que já tou chegando nesse ponto?

* Poison, de Alice Cooper