Tangram

Graficos de tangramTem uma propaganda do Banco Real que usa uma animação com figuras geométricas para formar imagens de casa, pessoas, etc. Eu tava tentando lembrar o nome desse joguinho há semanas, sem sucesso porque o meu tá tão bem quardado que não sei onde tá guardado. Mas tá guardado e não perdido, para registro.

Ontem deu um estalo: é Tangram ou As Sete Tábuas da Sabedoria, um quebra-cabeça de origem chinesa, pequeno gafanhoto. Diz a lenda que um servo do imperador quebrou um espelho quadrado [ou uma peça de cerâmica rara e cara, depende da versão da história] em sete pedaços [os tans. o gram veio da mesma fonte de anagrama, desenhado ou Continuar lendo

-23

Talvez influenciada por Pablo Conejo, sou uma pessoa impressionável pelas coincidências. Eis que hoje li em três bloques [inclusive no da autora de uma das minhas fics preferidas] a preocupação com os spoilers do final de Harry Potter, quando Deathly Hallows sair. O Fire and Ice Archive vai até fechar a submissão de fics, atualizações e reviews por duas semanas logo após o lançamento.

De minha parte podem ficar tranqüilos: todos os spoilers irão pra Cozinha. Vou plagiar o FIA e deixar uns quinze dias* de janela entre eu terminar de ler e comentar alguma coisa.
;o)

* E como a previsão é que a edição da Scholastic terá 784 páginas, deve demorar outro tanto preu terminar de ler.

Criando crianças

JB Online: “Mãe de um menino de apenas três anos, a empregada contou que ele acordou no exato momento em que ela estava apanhando do grupo e perguntou ao pai, muito aflito, por onde Sirlei andava.

- Foi algo incrível mesmo. Meu filho acordou chorando, perguntando tudo. Quando cheguei em casa, não tive como esconder, contei tudo. Ele pegou um pregador de roupas e disse que bateria nos “moços maus” que me bateram e que apertaria os narizes deles com o pregador.

A resposta da mãe, marcada pela covardia, foi surpreendente:

- Disse a ele que não se pode agredir as pessoas assim. Expliquei pra ele que isso não resolve. E ainda digo mais. Se fosse o meu filho que tivesse feito isso tudo, seria a primeira a levá-lo para a delegacia e entregá-lo. Ele teria que pagar pelo erro que fez. Diferente do que disseram por aí, se é homem para bater, então é homem para pagar pelo que fez — desabafa. “

Aí eu se-lhe-me pergunto: quem é que deu a melhor educação, o empresário que justificou o filho dizendo que é “uma criança” e que “existem crimes piores” ou a empregada doméstica?

Titia Batata libera seu lado nazi e inicia a campanha Vasectomia Já.