A cor da magia – filme

Pôster do filme A cor da magiaDepois de assistir Hogfather, semanas atrás, não resisti e baixei também A cor da magia, que é o mesmo universo ficcional da série Discworld de Terry Pratchett mas num arco diferente. A única personagem em comum nos dois filmes é MORTE, porém com uma participação bem menor: em Hogfather ele era o personagem principal e na Cor da magia o principal é Rincewind.

O diretor Vadim Jean [o mesmo de ambos] reuniu os dois primeiros livros da série, A cor da magia e A luz fantástica, num filme só – o que faz todo sentido porque um é a seqüência do outro. Ele também colocou os acontecimentos em ordem diferente do que está nos livros para facilitar a compreensão pra quem não leu: outro ponto a favor. É claro que, por mais que o filme dure três horas e 10 minutos, são dois livros espremidos ali – e livros cheios de detalhes – então muita coisa ficou de fora.

Minha sugestão é: esqueça tudo e curta o filme! É impossível não ser fisgado logo na primeira cena, quando Grande A’Tuin, Berilia, Tubul, Grande T’Phon e Jerakeen aparecem na tela. É de prender o fôlego… Os efeitos especiais são tão bem-feitos e tão bem inseridos que a gente nem percebe que são efeitos. A voz de Brian Cox [Willian Stryker, de X-Men 2] na narração é bem interessante e a de Christopher Lee [Saruman, de O senhor dos anéis] dublando o MORTE ficou maravilhoso!

MORTE perseguindo Rincewind e Rincewind recusando-se a morrer é a coisa mais hilária tanto nos livros quanto no filme e a transposição não perdeu nada do humor.

DEATH: YOUR LIFETIME IS UP, RINCEWIND. I CAN’T HANG AROUND ALL DAY.
Rincewind: I can. What have you done with the tourist?
DEATH: NOTHING. HE WAS LURED BY THE ATTRACTION OF THE WYRMBERG.
Rincewind: So at least the Patrician won’t be sending out his men to kill me just yet then?
DEATH: THERE IS A DISTINCT POSSIBILITY THAT HE MAY NOT NEED TO.
Rincewind: What are you grinning at?
DEATH: OH, I’M SORRY. I CAN’T HELP IT. NOW, WOULD YOU BE SO KIND AS TO LET GO? IT WON’T HURT.
Rincewind: Being torn to pieces by wolves won’t hurt?
DEATH: IT WOULD BE OVER VERY QUICKLY. AND OF COURSE, THEY ARE AN ENDANGERED SPECIES.

O ator que fez Rincewind, Sir David Jason, também fez o papel de Albert em Hogfather. Se eu não tivesse lido nos créditos não ia acreditar nunquinha: totalmente convincente tanto num quanto noutro! Duasflor foi interpretado por outro ator de O senhor dos anéis, Sean Astin [Samwise Gamgee]. Acho que ele tem uma cara de ingênuo que coube direitinho no papel.

Rincewind: That’s old Twoflower for you. He just appreciates beauty in his own way. I mean, if a poet sees a daffodil, he stares at it and then writes a long poem. But Twoflower would wander off and buy a book on botany, and then as he reads it he would tread on the daffodil.

Mas o filme é de dois atores que geralmente só aparecem em papéis pequenos, quase sempre minúsculos, que roubaram todas as cenas em que apareceram: Cohen o Bárbaro, interpretado por David Bradley [o Argus Filch, de Harry Potter] e Trymon, o mago ambicioso de Tim Curry. Curry tem um rosto tão mefistotélico e uma voz tão característica que ele pode fazer qualquer papel mais complexo e roubar a cena de qualquer ator. Eu lóvo ele!

Agora, quando o Patrício apareceu eu dei um pulo. Lord Havelock Vetinari é, por enquanto, um dos meus dois únicos Top Letrinha Fazível. Eu não tinha visto em nenhum lugar que o personagem apareceria no filme. Nem no site oficial ele está listado no elenco. E de repente ele surge *cataploft* e é Jeremy Irons *duplo cataploft!!* Quase morri.
:)

E, permita-me dizer, apesar da lista de sugestões para o personagem ter uns nomes que eu também amo, Jeremy Irons ficou perfeito, não precisa mudar nada!

Vale totalmente a pena amassar a bunda durante mais de 3 horas pra assistir The Colour of Magic – se não por tudo o que comentei acima, pelo menos pela meia hora final. Os desfechos das subtramas são de aquecer o coração [sem excesso de melosidade, claro, no estilo Terry Pratchett de ser].

Oh, e o autor aparece de novo neste filme, no começo e no fim: ele é o astrozoólogo número 2.

V. cena de Jeremy Irons como O Patrício no Youtube.

V. teaser trailer Qual é a cor da magia? no Youtube.

V. cena terna [New Worlds, final do filme] baseada no livro A cor fantástica no Youtube.

About these ads

9 comentários sobre “A cor da magia – filme

  1. Naomi, eu vivo desinformada né? E não deveria e nem poderia, meu filho mais novo tem oito anos e adora cinema. Este filme tá só na
    locadora?

    Dá pra ver junto de menino de oito anos? Mas um menino que ama filmes.

    sófis, essa série de livros discworld, donde o filme foi adaptado, é para um público adulto-mas-com-alma-de-criança. ele pode assistir e se divertir com a ação, sim!

    • doug, na época encontreii 2 fontes:

      . vc pode baixar com legenda em espanhol pelo emule;

      . baixar o video sem legenda pelo torrent no mininova.org e a legenda em separado no legendas.tv, e usar o bsplayer para rodar os dois arquivos juntos.

      procure por ‘color of magic’ ou ‘discword’.

      boa sorte!

  2. Pingback: Mais expecttivas « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  3. Pingback: Going Postal « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  4. Pingback: 10 livros em 10 dias | Série de livros que gosto mais « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s