Rugby

Na vitória sobre o Wallabies na Bledisloe Cup 2008

All Blacks na vitória sobre o Wallabies na Bledisloe Cup 2008

O rugby é um dos esportes que gostaria de assistir mais, se não fosse o horário cruel da maioria dos jogos. Como acompanho pouco, ainda não me familiarizei com todas as regras [uma coisa é ler sobre o tema, outra é ver na prática, né?].

Meu time favorito é a seleção da Nova Zelândia, mais conhecida como All Blacks: primeiro porque eles são überfashion com aquele uniforme todo preto; segundo porque intimidam seus adversários com o haka e terceiro porque os caras são bons demais no que fazem.

Ela tem que reavaliar suas prioridades.
[Ron Weasley para Harry Potter em A Pedra Filosofal]

Na premiação da IRB Award 2008 [International Rugby Board] o time levou dois dos prêmios principais, o de Time do Ano e o de Técnico do Ano para Graham Henry. Eles vão hospedar a próxima Copa do Mundo em 2011, o que significa que os  horários continuarão impossíveis, nhé. Enquanto isso tento ver os jogos da Heineken Cup que passam por aqui. :)

Post legal
Haka – A lenda dos all Blacks – blog Papo de Homem

Ação social legal
Rugby Para Todos

Blah

Signore Bauducco e filho

Signore Bauducco e filho

Tanto sono que quase capotei da cadeira duas vezes, já.

O motivo:  fico a ler fics madrugada adentro.

Atualmente tou numa fase Blaise/Ginny, se você souber de alguma legal me indique, plis?

Três comerciais que gosto de ver: a do Sr. Bauducco [cas marcas de mão na roupa], a do GNT que mostra um olhar alternativo sobre o dia-a-dia feminino [2 horas no trânsito = 2 horas ouvindo música, passa o dia trabalhando = fazendo o que gosta, à noite cuida do filho = brinca à noite] e a dos bonequinhos da Vivo tocando air guitar.

Muito lenta, muito lenta… só agora me dei conta que o Balthazar Getty que fez o Ralph n’O senhor das moscas é o tal cara casado que pula a cerca ca Sienna Miller. E levou outras dezenas de meses pra perceber que ele tá no elenco de Brothers & Sisters – tipo, descobri hoje.

Dormir. Preciso.

Os melhores, os piores

O jornal inglês The Guardian listou as 10 campanhas publicitárias que fizeram mais sucesso durante o ano lá na banda de lá [o que incluiu aquele comercial megafofo da Nike com o Troy Polamalu e o LaDanian Tomlinson, do post de ontem].

Do outro lado do ringue, a revista Campaign - também na Inglaterra – lista as 10 piores propagandas exibidas na tv em 2008. No primeiro lugar tá o comercial da Gillette Fusion Power, que no Brasil também passa só que numa versão com um atleta a mais e para um produto diferente, o Mach 3 Turbo.

V. versão brasileira, com o Kaká.

Esse aí não achei tão horrível – nem bom, tampouco. Achei inócuo e esquecível, apenas. Heh.

2 concursos

O blog A Vida Sem Manual, da Patrícia Daltro, está com nova promoção de kit de bicho de pano:

1) Entrar no meu Flick e escolher um objeto de desejo;
2) Na sexta-feira, postar (no seu blog) uma carta para o Papai Noel pedindo esse objeto;
3) Vou fazer um post na própria sexta, listando todos os blogs participantes (que escreveram os posts);
4) Os leitores do seu blog devem vir até o A Vida sem Manual e escrever nos comentários: li o post de __________ e acho que ela/e  deve ganhar esse presente de Papai Noel.
5)  O prazo se encerra a meia-noite do dia 23/12;
6) Ganha quem tiver mais votos.
7) O prêmio é o objeto de desejo do vencedor, mais dois outros (que estejam no flick) a sua escolha.

Deixe seu comentário lá no post do concurso até amanhã, dia 18, para começar a participar.

No dia 19 termina o prazo para indicar cinco dos seus blogs favoritos para o Best Blogs Brazil [na página de regras está dia 17, mas foi prorrogado até sexta]. Já indiquei os meus preferidos, mas 5 é muito pouco…

[S] Objeto de desejo

Ennio Morricone Remixes Vol. 1 e Vol. 2.

Baixando.

V. Ecstasy of gold no comercial da Nike, versão completa. Esse comercial ficou em 9º lugar na lista dos 10 virais mais legais do ano, segundo o The Guardian. Em 5º ficou outro da Nike que passou até na TV brasileira, do jogador de futebol que vai pra um time grande e cai na esbórnia [dirigido pelo Guy Ritchie, veja só], e em 1º uma versão do clássico Wassup para o Obama.

Eu acho que vi um gatinho

Hellboy, o gatófilo

Hellboy, o gatófilo

Angel Eyes [Lee Van Cleef, o mau] e Blondie [Clint Eastwood, o bom] armam tocaia contra Tuco [Eli Wallach, o feio] em cena de Três homens em conflito [The good, the bad and the ugly]. Em determinado ponto, Blondie é visto acarinhando um filhote de gatinho.

Momento awwww!

As teorias do pessoal a respeito do significado da cena [v. Movieforum] só ficam atrás dessa análise do TV Tropes [Pet the dog], em que analisam o uso deste recurso para estereotipar uma personagem: se alguém acarinha um cão não pode ser de todo mau; se acarinha um filhote de gato tem bons sentimentos, mas se o gato for adulto a personagem é puramente diabólica, e assim em diante. Tem uma lista bem extensa de exemplos lá, inclusive essa cena de Três homens em conflito e duas menções a Discworld.

Lord Vetinari of Discworld fame has several pet the dog moments – most related to his ancient terrier Wuffles.
Granny Weatherwax, meanwhile, acquires a kitten in Wintersmith, which she promptly names You (as in: “Stop that, You!”). She makes a show of not caring for it… but then cares for it when no one’s looking. By the end of the book You is found curled up on top of Granny Weatherwax’s head, under her hat (Granny gives the lame excuse that it keeps her head warm).

Blog legal
Reino d’almofada

Quanto a mim, paixonei no Bill Clinton assim que soube que ele levou o gatinho da Chelsea para a Casa Branca apesar de ser alérgico a gatos.

Atualização
Oh, não. Socks tá muito doente. :(

50 livros cult

Livros que mudaram vidas

Livros que mudaram vidas

O jornal inglês Telegraph publicou uma lista dos 50 livros cult em abril de 2008. Primeiro eles se bateram para definir o que é cult, até chegarem a um consenso: você reconhece um cult quando vê um. Viu? Simples assim.

Pode ser aquele encontrado no bolso de um criminoso, aquele que você leva a sério aos 17 anos, aquele que contém a chave do feminismo moderno, do melhor jornalismo, memórias ou romance, aquele que muda a vida do indivíduo, aquele que é um guia. Não deve ser confundido com um best-seller, embora às vezes seja.

In compiling our list, we were looking for the sort of book that people wear like a leather jacket or carry around like a totem. The book that rewires your head: that turns you on to psychedelics; makes you want to move to Greece; makes you a pacifist; gives you a way of thinking about yourself as a woman, or a voice in your head that makes it feel okay to be a teenager; conjures into being a character who becomes a permanent inhabitant of your mental flophouse.

Dos 50 títulos indicados, a grande maioria é de autores cuja língua-mãe é o inglês [portanto não espere muita diversidade cultural] e dos quais li apenas 8. :(
Continue lendo

50 livros para ler a qualquer hora

Livro é um bom presente

Livro é um bom presente

A atriz Julie Andrews e o ator Alec Baldwin se uniram este ano para incentivar as pessoas a presentearem amigos e entes queridos com livros neste Natal, iniciativa que ganhou a adesão de outras personalidades norte-americanas. [Folha]

Livro é um ótimo presente! Sempre que possível presenteio com livro – se a pessoa já gosta de ler escolho um que seja do gênero preferido dela, se não tenho muita certeza escolho um que eu gostei e acho que lhe cairá bem. Nos últimos tempos tenho ampliado para DVDs, mas como a maioria é adaptação literária, é quase como se desse um livro mesmo.

Por exemplo, na lista que o inglês The Guardian publicou em 2006 dos 50 livros que você tem que ler todos os cinqüenta títulos foram adaptados para o cinema. Ainda me faltam alguns para ler/assistir.
Continue lendo