As famílias mudam

Na semana passada vi um comercial de Nebacetin no intervalo do jornal Tem Mais Notícias [da afiliada regional da Globo, TV Tem - aliás, quantos comerciais de medicamentos passaram naquele dia! Contei quatro em 15 minutos].

O comercial já tem mais de ano, pelo que pesquisei por aê, mas nem eu nem os miguxos pra quem perguntei tinham visto ainda. Começa dizendo que as famílias mudam, o jeito de cuidar não, e daí passam diversas famílias a comentar para o que usam o produto.

O que me chamou a atenção foi a composição dessas famílias: foi o primeiro comercial que eu vi a mostrar não apenas o modelo pai-mãe-casal-de-filhos de comercial de margarina, mas também uma família formada por filhos adotados de outras etnias, de mãe solteira, de pais homossexuais.

“As famílias mudaram, é fato. A sociedade já reconhece os novos modelos de famílias. Nebacetin é uma marca que evoluiu com seu consumidor e prova isso mostrando todos os tipos de família no seu comercial”, declara André Godoi, redator da agência. [Vitrine Publicitária]

Continuar lendo