SuperBowl XLVI

Tom Brady (QB Patriots) e Eli Manning (QB Giants)

A final de futebol americano que aconteceu ontem foi uma reedição do SB XLII, quando o até então invicto New England Patriots sofreu a única derrota da temporada para o New York Giants – se o placar fosse outro, seria uma revanche. :lol: Em entrevista coletiva antes do jogo, o quarterback do Patriots disse que não queria que Eli Manning,  o QB do Giants, estivesse com a posse da bola nos minutos finais porque isso representaria perigo de touchdown. Foi mais ou menos o que aconteceu, mas estou me adiantando.

O jogo aconteceu no estádio do Indianapolis Colts e grande parte da torcida local era para o Giants porque Eli é o irmão mais novo do QB do Colts, Peyton Manning. Peyton e Brady disputam o posto de melhor QB em atividade e já fazem parte do time de melhores de todos os tempos – Brady quebrou diversos recordes ontem e superou Joe Montana em vários quesitos. Para muitos [eu, inclusive] Montana é o melhor QB da História. Foi por causa dele que passei a torcer pelo San Francisco 49ers na década de 1980. Tenho sorte de poder ver outra provável lenda do esporte surgindo.

Mesmo assim, Brady iniciou a partida cometendo um intentional grounding [quando o QB joga a bola ao léu ao perceber que sofrerá um sack do adversário]; como estava dentro da end zone, a falta reverteu 2 pontos de safety a favor do Giants. Minutos antes do intervalo, o placar estava 9 a 0 para o time de NY, mas não tá morto quem peleia e NE foi pro vestiário na frente do placar depois de marcar 10 pontos. No retorno aumentaram a vantagem com um field goal e deram a bola na mão do Eli Manning a três minutos e quarenta segundos do fim do jogo, exatamente o que Brady não queria – em 2008 Eli precisou de cinquenta e cinco segundos pra virar o jogo.

Com passes fantásticos, foi o que ele fez outra vez: mais um touchdown e a segunda virada de placar da noite. Devolveram a bola com 57 segundos para o Patriots e partiram pra pressão em cima do Brady, que encerrou a partida num hail mary [jogada em que o QB lança a bola e fica rezando pra dar certo]. Quaaase deu, só que não deu. Eli foi o MVP novamente e agora tem um anel a mais que o irmão mais velho.

Eu perdi a execução de America The Beautiful executada por Blake Shelton e Miranda Lambert; quando liguei a TV já anunciavam Kelly Clarkson, que cantou o hino dos EUA. O show do intervalo foi da Madonna e xeu te contar uma coisa: eu gosto da Madonna, tenho até disco de vinil dela [Blue], mas quando anunciaram no ano passado que seria ela fiquei meio blé, porque pra mim SB é um evento mais roquenrôu – Tom Petty, Bruce Springsteen e The Who foram os shows mais matadores, dos recentes. Black Eyed Peas, no ano passado, foi quase uó.

Aí Madonna entrou em campo.

Aí meu queixo caiu.

Era uma homenagem clara ao filme Cleopatra com a Elizabeth Taylor, sentada num trono puxado por centuriões romanos. A mulher sabe causar impacto, não tenha dúvidas. Apesar de usar autotune e do setlist meio bizarro que montou, ela compensa com pompa, impacto visual e carisma.

Miranda Lambert & Blake Shelton [America The Beautiful] e Kelly Clarkson [Star Spangled Banner]

Link http://www.youtube.com/watch?v=BYwD6z4_DWs

Madonna feat. LMFAO, M.I.A., Nicki Minaj, Cee Lo Green, colaboração de Jamie King, Cirque du Soleil, Moment Factory

Link http://www.youtube.com/watch?v=PyfdoZldrS4

Foi um bom show num bom jogo – sem momentos espetaculares dignos de um Top10, mas ainda assim um bom jogo. O mais legal foi ver amigos descobrindo o prazer de entender, acompanhar e passar a torcer pelo esporte [oooi, Frank! oooi, Junior!] e conhecer outras pessoas que também curtem FA [oooi, Clara! oooi, Mônica!]. É um nicho que a mídia brasileira finalmente começa a perceber que existe e começa a tratar com profissionalismo [v. matéria no UOL].

Post legal
Os personagens que jogam futebol americano [TeleSéries]

Posts relacionados
SuperBowl XLV
SuperBowl XLIV
SuperBowl XLIII
SuperBowl XLII

About these ads

6 comentários sobre “SuperBowl XLVI

  1. Pingback: SuperBowl XLVI: Os Gigantes vencem os Patriotas « Ideia Fix

    • bruna, não sei se procede, mas há tempos li que uma explicação possível é que qualquer jogo com bola e praticado a pé – e não a cavalo – era chamado football. o próprio rugby era rugby football, por isso quando ozamericano adaptaram lá virou só football.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s