Jane Eyre [1997]

Ciarán Hinds e Samantha Morton - Jane Eyre 1997

Eu sou paixonada pelo ator irlandês Ciarán Hinds desde a série Roma, quando ele interpretou o imperador Júlio César. Há tempos estava ansiosa para ver essa versão de Jane Eyre em que ele dá vida a Edward Rochester ao lado de Samantha Morton [Minority Report]. Assim como aconteceu na versão 2011, Hinds e Morton tinham idades compatíveis com as de seus personagens literários na época do lançamento do filme [44 e 19, respectivamente].

O filme feito para TV estreou no canal A&E nos EUA apenas um ano depois da versão feita para o cinema dirigido por Franco Zefirelli [aquele com William Hurt e Charlotte Gainsbourg]. Com apenas 108 minutos de duração, o roteiro corta muitas passagens do livro que nem são mencionadas e toma outras liberdades.

A partir deste ponto há spoilers

Continue lendo

Momento obsessivo-compulsivo: Harry Potter

Ainda falta muito tempo para a estreia da primeira parte do último filme da série Harry Potter, o que significa que a ansiedade começa a acumular – assim como as notícias do elenco. Este post é apenas uma válvula móde deixar um pouco da pressão escapar e não explodir a panela. ;)

“That was great,” he said, beaming. “When you’re an English actor and you get the ‘Harry Potter’ call– it’s like Batman, you know? You have a phone, you have a normal phone, and then you have one that is made out of wood. That’s the ‘Potter’ people. They call you up [and] you get your wand out, you put your cloak on and off you go. It’s a real honor. It’s like getting knighted or something.” [Rhys Ifans para a MTV sobre ser convidado para a franquia Harry Potter, 03/03/10]

Fiquei tão feliz quando ele foi chamado!

It’s like the call-up, and it’s so funny. You get on set and you see all these actors who you’ve either admired from afar or more often than not, actors you’ve worked with before, all sitting there, dressed up as wizards, having wand-offs, and then bitching about other actors who didn’t get the call-up. [Idem, para a ComingSoon, 27/02/10]

Oooh, isso é maldade… :lol:

“It came about simply because they asked me, finally, to be a wizard – I thought I was going to be the only English actor of a certain age who wasn’t in Harry Potter but now that turns out not to be the case,” he said. [Bill Night para Press Asociation, 12/02/10]

Ufa, escapou por pouco, né tio?

“Mostly saying goodbye to the wig was a very emotional experience,” he said, deadpan. “I don’t get to keep the wig. I don’t know, it might be on a traveling exhibit. I think it’s got a very good agent who’s got some more work lined up.” [Jason Isaacs revela a dor de se despedir da peruca para a MTV, 02/03/10]

Tadinho, só tem uma peruca? Deem-lhe uma cópia! Ou a bengala.

For Bonham-Carter, bringing Bellatrix to an end was an emotional experience given her investment in the creation of the character as she appears in the films. “Bellatrix wasn’t on the page,” she explained. “I did think, What can I do to make this interesting? She was just written as tall and gaunt, but I knew there was something I got attracted to — playing arrested development. You know, children. Bellatrix is another child — stuck and totally anarchic.” [Helena Bonham-Carter para o Rotten Tomatoes, 25/02/10]

E depois da Bellatrix de HP e da Rainha de Copas de Alice, Bonham-Carter recusou o papel de uma seial-killer vitoriana para evitar ficar presa num estereótipo. Pena. Ela é a melhor nesse tipo de personagem.

I think they just have to make that decision of who’s going to be there and who’s not. And it’s very much about the love interest now, it’s a little bit more serious… less silly characters like me! I miss it, I loved doing it. I would’ve liked to still be involved. [Shirley Henderson para a STV via The Leaky Cauldron, 25/02/10]

Deve dar uma dor no coração cortar personagens… Eu fico, pelo menos, quado leio que fulano ou fulana não participará [oi, Emma Thompson].

Hollywood’s 10 Most Eeeeevil Actors

O site MovieFone selecionou os dez melhores atores de vilões de Hollywood – não os dez melhores vilões, veja, e sim os atores que melhor interpretam vilões. São os opostos dos bons moços como James Stewart e Tom Hanks, por exemplo. Três atores da série Harry Potter estão na lista:

Continue lendo

Domingueiras

Achei duas versões de Jane Eyre, a de 1970 [minha idade!] com o George C. Scott e a Susannah York, e a de 1997 com o Ciarán Hinds e a Samantha Morton.

Agora tou à procura das legendas. Pode ser em inglês ou espanhol, mas só encontro em polonês e árabe.

Dica e culpa da Rê, do blog Objeto Abjeto: site de charadas http://decifra.me/. Respostas nos comentários lá do ObjAbj, mas não vale trapacear!

Fiquei boquiabrida com a abertura do ducentésimo episódio de CSI [S09E18, Mascara]. Já a conclusão me decepcionou.

Preferia o inverso.

V. primeiros quatro minutos no Youtube.

O Adam Lambert não é *a cara* do Elvis Presley? No dia que resolverem filmar a biopic do Rei podem escalar o garoto pra fase pré-militar.

Matéria muito legal da Suzana Sakai para a revista Zashi sobre as novelas japonesas.

Tou numa fase Gackt de novo.

Link http://www.youtube.com/watch?v=nn36Qj6bNjk

Onde está Adriano?

Mupy de 1 litro, oba!

Dois favoritos em HP & TDH

Ciarán Hinds

Ciarán Hinds

Segundo rumores praticamente confirmados [eita], dois atores ingleses já estariam escalados en Harry Potter e As Relíquias da Morte, sétimo e oitavo [e últimos] filmes da franquia. Por coincidência, dois dos meus atores favoritos.

Um é Rhys Ifans, que ultimamente só aparecia no noticiário artístico por conta do romance com Sienna Miller [já encerrado, senquisgóde]. A maioria deve se lembrar dele como Spike, o amigo esquisitão de Hugh Grant em Notting Hill, e outros papéis pequenos como o Iki de Fórmula 51.

Embora ele não diga qual o papel combinado, o site Mugglenet sugere que seja o de Xenophilius Lovegood, pai da Luna Lovegood [Evanna Lynch].

V. vídeo com entrevista de Rhys Ifans no site Omelete.

A segunda escalação é a que me fez pular mais alto, embora seja a menos certa: Ciarán Hinds no papel de Aberforth Dumbledore, o dono do bar Hog’s Head. Eu achei que o Jim McManus era o Aberforth, em A Ordem da Fênix – mesmo porque ele parece irmão de Albus Dumbledore, – mas aparentemente era apenas o bartender. Vai ser legal se for verdade. Hinds já atuou com Michael Gambon [Albus Dumbledore] em O Cozinheiro, O Ladrão, Sua Mulher e O Amante e com Emma Thompson Watson [Hermione Granger] na dublagem de O Ratinho Despereaux.

Ele também já foi Mr. Rochester em adaptação de Jane Eyre de Charlotte Brontë em 1997 [que procuro feito doida], o Capitão Frederick Wentworth de Persuasão de Jane Austen em 1995 e Caio Júlio César na série Roma, primeira temporada. Sou quase tão paixonada nele quanto pelo Alan Rickman. Os dois fazem tipos imperturbáveis, impenetráveis, durões e têm voz grave. Não consigo imaginá-lo no papel de um cara que tem, como dizer?… fixação por bodes, mas confio que ele tem talento mais do que suficiente pra convencer.

A nota sobre essa escalação veio do The Leaky Cauldron.

Perfil de Aberforth Dumbledore no site Harry Potter Lexicon

Crédito da imagem
Papel de parece criado pela Saguardo Graphic Arts [neste link tem também Gary Oldman, Jeremy Irons, Alan Rickman e Colin Firth, e seguindo tem Jason Isaacs, Kevin Spacey, Tim Curry... tudo favorito batatal!].