Desafio de Férias 2010/2011 | An Offer From A Gentleman

Capa britânica

Uma advertência justa: cuidado se tiver vontade de começar a ler os livros da Julia Quinn, eles são quinem Bis – impossível comer um só. Comecei com The Duke and I na maior ingenuidade, achando que pararia ali, e três dias depois já tinha devorado mais dois romances e um Segundo Epílogo. A sorte é que calhou na época certa, entre feriados e o hiato das séries, mas, repito: cuidado.

An Offer from a Gentleman é o terceiro volume da série Bridgerton Family e é centrado no segundo filho, Benedict. Os dois livros anteriores concentraram o prólogo nos protagonistas masculinos, esse na protagonista feminina, mas mesmo assim ainda é o mais machista dos três que li até agora.

Desculpa aí se você não curte esse papo, tentarei ser breve neste tópico, embora não consiga abrir mão do comentário: me incomodou muito a visão que a autora impingiu sobre a atitude de Benedict, mesmo considerando-se que ela foi fiel ao costume da época. Eu preferiria que ela mantivesse o mesmo respeito devido às duas protagonistas anteriores – do jeito como foi feito, passou a impressão de que Sophie Beckett era menos digna aos olhos dela própria, a autora. No fim, a minha avaliação desse livro ficou bem abaixo dos anteriores.

Viu? Foi breve. Sigamos.

Voltando ao escopo… A Lulu tinha sugerido pular esse e ir direto pro livro do Colin, mas confesso que estava curiosa a respeito do Benedict: dos irmãos Bridgerton, ele foi o menos citado. Até o Gregory recebeu mais atenção e ele nem ao menos tem idade pra casar! Depois de terminar a leitura posso dizer que valeu a pena, porque a Penelope Featherington, com quem simpatizo desde o primeiro volume, começa a mostrar muita personalidade.

Continuar lendo

Complexo de Cinderela de A a Z

Cinderela era uma garota órfã que trabalhava de criada da madrasta bonita e de suas duas irmãs [feias, segundo os contos de fadas]. O príncipe do reino ofereceu um baile para escolher uma esposa, mas a madrasta impediu que Cinderela participasse. Blablablá, a fada-madrinha da garota fez bibidi-bóbidi-bum, limpou-a, pôs um vestido e sapatinhos, deu-lhe uma carruagem, blablablá, e foram felizes para sempre.

Todo mundo conhece a história, né? Se não conhece [cara, cê teve infância?] tem esse Projeto Contos de Fadas, aqui.

Esse introdutório foi só pra contar que Miguelito tá rodando três músicas top favoritas em loop. Os videoclipes dessas três músicas contam a mesma história da Cinderela, adaptadas aqui e ali. Nos dois do ZZ Top, por exemplo, são três fados-padrinhos [os músicos da banda], e no do Adam & The Ants o Cinderelo é o próprio Adam Ant. Lóvo.

Adam & The Ants – Prince Charming [letra]
Continuar lendo