Indy500 2010

Mike Conway, Indy500, 30/05/10

Mike Conway, Indy500, 30/05/10

A transmissão

Estava na frente da tv desdas 13h20, só que inventei de zapear e parei num canal que mostrava uma receita de fetuccine com frango à indiana; quando lembrei da corrida já passava das 13h45 [mas valeu a pena, a receita parece deliciosa]. Alguém estava terminando de cantar America the Beautiful e o narrador Téo José confundiu com God Bless America, que foi executada em seguida e ele disse que estavam tocando outra vez. Tudo bem.

Téo José é um narrador OK – na minha opinião, fica entre o Celso Miranda e o Luciano do Valle: embora ele torça muito para os pilotos brasileiros, de vez em quando se lembra que existem outros correndo e até traz algumas informações não relacionadas exclusivamente aos brasileiros. Outro ponto positivo é que ele não é mesquinho com o tempo cedido para o comentarista e o repórter de campo. Nem com o tempo, nem com o respeito.

O comentarista e ex-piloto Felipe Giaffone foi quem deu o tom mais profissional, com informações de bastidores e opinião baseada em experiência e conhecimento [e não baseadas em torcida]. Ele disse, por exemplo, que o fato da tv norte-americana reprisar o acidente do Mike Conway era um bom sinal, porque eles não mostram as imagens quando o piloto está muito ferido ou quando não têm certeza da gravidade do estado do piloto. E ele tinha razão, embora o acidente tenha sido chocante Conway teve apenas uma fratura na perna.

* “Apenas” comparado com o que podia ter acontecido, devido à espetacularidade do acidente [v. no Youtube].

Continue lendo

Calendário F1, FIndy, Nascar, MotoGP e SuperBike

Hora do post tradicional do PdBUT com os calendários da temporada de automobilismo que eu sigo – mais ou menos. A F1 só tenho visto uma ou outra corrida por ano, da Indy também tenho assistido cada vez menos… Na mesma proporção em que tenho acompanhado cada vez mais a Nascar, por coincidência.

Deve ser o Efeito Montoya.

O piloto britânico da F1 Lewis Hamilton e a cantora do Pussycat Dolls Nicole Scherzinger divulgaram nesta segunda-feira o fim do seu namoro após um ano e oito meses.

O ex-campeão mundial Hamilton, de 25 anos, e Scherzinger, de 31, expressaram o desejo de se concentrarem em suas carreiras. [O Globo, 11/01/10]

Eu vou me abster de comentar a carreira da Nicole Scherzinger, tá? Hush hush.

Fórmula 1
Data Circuito
14/03 Bahrein
28/03 Austrália
04/04 Malásia
18/04 China
09/05 Espanha
23/05 Mônaco
30/05 Turquia
13/06 Canadá
27/06 Europa
11/07 Inglaterra
25/07 Alemanha
01/08 Hungria
29/08 Bélgica
12/09 Itália
26/09 Cingapura
03/10 Japão
17/10 Coreia do Sul
31/10 Emirados Árabes
14/11 Brasil

Continue lendo

Agenda: Nascar, F1, Indy

Nascar
A primeira etapa da Sprint Cup é no dia 7 de fevereiro, em Daytona
Site oficial www.nascar.com
Calendário completo no blog de Sérgio Lago

Formula 1
A primeira prova da temporada será no dia 29/03, na Austrália
Site oficial www.formula1.com
Calendário no UOL

Formula Indy / Champ Car
A primeira prova da temporada será no dia 05/04, no circuito de St. Petersburg
Site oficial www.indycar.com
Calendário no site Speedway
O campeonato talvez não tenha o piloto brasileiro Helio Castroneves, que será julgado por sonegação fiscal em março [link] [link].

Almight dollar

Duas das provas mais tradicionais do automobilismo no mesmo fim de semana, o GP de Mônaco na F1 e as 500 Milhas de Indianapolis pela IRL, ambas sob suspeita fortíssima de garfagem.

Na F1 a suspeita da FIA é a de que a McLaren de Ron Dennis tenha feito uso do mesmo jogo de equipe que a Ferrari executou em 2002, quando um piloto permitiu a ultrapassagem de seu colega de equipe no GP da Áustria. Ontem o prejudicado foi o estreante Lewis Hamilton, que até antes da corrida era o primeiro na contagem de pontos mas, ainda assim, estreante na categoria e supostamente segundo piloto da equipe que tem o único campeão em atividade.

Continue lendo

De rodas, bolas e bolhas

Um brasileiro vence a corrida no Texas, consolidando a primeira colocação no ranking da IRL e não tem notícia em nenhum dos grandes portais. O mundo é uma bola umbigal. Que seja, o berro que dei quando Sam Hornish Jr. deixou o motor morrer no último pit stop foi bem parecido com o que dei no gol de Drogba contra a Arrentina: era a falta de sorte que atingiu Helio Castroneves em Indianapolis fazendo uma visitinha ao Hornish [sou só eu ou mais alguém pensa besteira quando vê o nome do cara?].

Na IRL também tem a equipe Super Aguri [até onde eu saiba os pilotos não vestem a cueca por cima das calças] e, para manter a tradição, eles também contam com um kamikaze ao volante: o nome deste é Kosuke Matsuura e é totalmente pinel. Ele deu um totó no Vitor Meira que deixou a marca da roda estampada na lateral do carro do brasileiro. Corre o bastante para ser competitivo, só que é um perigo pra quem está do lado. Ou atrás. Ou na frente. Não demora muito e vai ter a licença para dirigir cassada igual quinem o Yuji Ide. A Super Aguri não aprende e já arranjou outro maluco pro terceiro carro que disputa a F1. Por que é que eles não desistem e ficam só no que são bons?

Continue lendo