Domingueiras

-Feliz Natal! -Feliz Ano Novo! -Beije o meu traseiro.

-Feliz Natal! -Feliz Ano Novo! -Beije o meu traseiro.

Dica para vovós, tios, padrinhos: não presenteie criança pequena com brinquedos que fazem barulho estridente e você poderá contar com a gratidão eterna dos papais e mamães. Telefoninhos sonoros, carrinhos de polícia com sirene, martelos com apito? Dê para os seus próprios filhos.

Dona mãe foi pra Ibitinga ontem comprar toalhas, jogos americanos, trilhos de mesa, bate-mão, essas coisas que formam um kit legal pras amigas. Eu ganhei balas de coco recheadas.

Sei quem me conhece de verdade quando a pessoa diz “é só uma lembrancinha”, e é coisa de comer. :lol:

Tou brincando, claro. Ganhei shorts novos.  Espero que a espécie de homem que usa cuecas samba-canção nunca entre em extinção: são as coisas mais confortáveis para usar em casa.

Na minha época era colcha de matelassê, hoje em dia é cobre-leito.

A Cássia matou a charada: a rabanada é de origem portuguesa.

Continuar lendo

Domingueiras

Zombies are nuts about brains

Zombies are nuts about brains

Vira e mexe aparecem aqueles emeios cheios de imagens assim, feitos com coisas ordinárias em situações inesperadas – bom, inesperadas para coisas. De todos que recebi, nenhum vinha com créditos [Terry Border] nem com as legendas que o artista cria para cada situação. É pena, caus que descobri ontem que as legendas são metade da graça! [Blog Bent Objects]

Cê já viu o trailer de Harry Potter & The Deathly Hallows que vazou? Subiram no Vimeo, que não sei embbedar no WordPress.

Atualização: tem também no We Are Movie Geeks e no /Film. Ou no BSCrew e no Rope of Silicon. E no Worst Previews.

Senquisgóde acabou o período mais aperreado do ano. Agora é botar as séries e leituras em dia.

Jonathan Strange & Mr. Norrell: coloquei um dos meus marcadores de página favoritos móde autoincentivar a leitura, o que veio com o livro da Fal.

Marília/SP tem 220 mil habitantes, seis homicídios no ano. Pedra Lascada tem 19 mil, três assassinatos no ano.

A renda obtida com a venda dos panetones da marca Tauste [dos supermercados Tauste] será revertida para as APAEs de Marília e Bauru.

[Via @dianapadua] Ensaio fotográfico recria cenas dos filmes de Hitchcock, com atores atuais [link].

[Via @beatrizongaro] Artigo explicando como é o natal em varios paises europeus [link].

[Via @Eco_Futuro] A belíssima campanha de TV pela aquisição de livros no Canadá [link]. Awww!

[Via @emersonpardo] Sabia que no Japão as ruas não tem nome? Como eles fazem para se orientar? [Youtube]

Continuar lendo

Domingueiras

Tem um galo muito burro na redondeza que canta à uma da manhã, todo dia.

Comãssim a Bonnie Wright tá ficando com um dos novos vampiros de Twilight? Tá bom que o Jamie Campbell Bower também tá no próximo HP, só que no papel do Grindewald jovem. E o Draco Malfoy??

K, preciso da minha dose diária de fics DG agora-já. Uma boa, de preferência.

A @MicaRM tuitou a respeito de uma cena de Vampire Diaries [que parei de acompanhar mas, bem, tem o Ian Somerhalder né?]. Tava lá assistindo e pensando na vida quando me caiu a ficha: Enjoy the Silence do Depeche Mode!

Words are very unnecessary, they can only do harm…

A premiação do Scream Awards vai ao ar nos EUA apenas no próximo dia 27 [no dia 31 no Brasil] mas já sei de um vencedor graças ao JustJared, que tá na minha lista de feeds. Não liguei, fiquei animada com o resultado [embora não concorde com a indicação da pessoa para aquela categoria].

Baixando Emma e Wuthering Heights 2009.

O livro Gatos, Fios-dentais e Amassos [série Georgia Nicolson, Louise Rennison] me atraiu pelo título. Eu gostei do gato Angus, da relação entre as irmãs Georgia e Liberty, mas… mas… algo me incomoda nesse livro e não consegui descobrir o que é.

Um garoto diz “mãe, não gosto de ler, não me dê livros de novo no Natal, OK?” e o que acontece?

Depois da onda de clássicos sobrenaturalizados [eita], vem aí a sequência autorizada: continuações de séries literárias escritas após a morte do autor original. Ou, como disse o @emersonpardo, fanfics.

Segundo esse artigo da BBC já tem sequels de Peter Pan, James Bond, Dracula, Winnie-The-Pooh e O Guia do Mochileiro das Galáxias – este último escrito pelo Eoin Coffer de Artemis Fowl.

- Vou mandar uma coisa pra Lu, será que ela vai gostar?
– O que?
– É de comer.
– Então pode mandar que ela come.

Criei a fama, agora tenho que deitar na cama, né?

Um chazinho pode curar, mas também requer cuidados.

Depois de The Imaginarium of Dr Parnassus, Terry Gilliam volta para seu projeto para Dom Quixote. Ele quer filmar também Teseu e o Minotauro, Defective Detective e Belas Maldições da dupla Terry Pratchett e Neil Gaiman.

Deem-lhe dinheiro! Já!

Sigmund Freud curtia Agatha Christie e Dorothy L. Sayers.

Luzia e seus ídolos no blog da Luma: voltei uns 30 anos no tempo.

O A-ha anunciou que vai “encerrar suas atividades” em 2010. Eu fiquei bem chateada com a notícia caus que acompanho a trajetória deles há 27 anos e acho que Analogue, o penúltimo álbum, é o melhor da banda – mas isso sem ter ouvido Foot of the Mountain ainda [lançado agora em junho].

Aliás, juro que pensei que a música de abertura de Lie to Me era do A-ha também [não é, é Ryan Adams. os trejeitos vocais e os teclados são muito a-hazísticos].

A-ha – Cosy Prisons

Continuar lendo

Domingueiras

Agora é tempo de cigarras e os gatinhos estão num estado de felicidade tão grande que dá até pena ralhar quando eles trazem mais uma pra dentro de casa.

Momento Post-it: Os Sete Samurais do Kurosawa no TCM, 25/10, às 22h.

Um jornalista que eu gosto: André Trigueiro, da GloboNews.

Exterminador de produtividade: ScienceBlogs. Aglomerador de blogs brasileiros sobre ciência, cultura e política.

A Jorge Zahar Editor publica livros lúdicos de ciência. São poucos títulos, comparado com as centenas da coleção Ciência Aberta da portuguesa Gradiva, mas tá valendo. A JZahar editou a versão brasileira de O Estranho Caso do Gato da Sra. Hudson do Colin Bruce, que eu tenho na edição da Gradiva.

DVD Harry Potter e o Enigma do Príncipe na pré-venda: só vou escolher nonde comprar depois de ver quais os brindes disponíveis em cada loja.

Dudley Dursley, o primo valentão do Harry Potter, é neto do Doctor Who, o segundo. É engraçado pensar que Dudley e o décimo Doctor Who quase estiveram no mesmo filme [O Cálice de Fogo].

Crítica de Peter Ingham para Unseem Academicals do Terry Pratchett no Telegraph.

Duas novas farmácias inauguradas na mesma semana em Pedra Lascada. Agora são dezessete no total, numa cidade de 19mil habitantes.

Oito dias de sinal aberto HBO, três filmes: Treinando o  Papai, O Clube de Leitura de Jane Austen e… esqueci o terceiro.

Depois do feriado o padre no meio da semana, dona mãe ficou confusa das ideias: “dia de Nossa Senhora é feriado só em Pedra Lascada ou em São Paulo?”

Capoeira em dois momentos:

O brasileiro Mestre Ponciano no filme Harry Potter e o Cálice de Fogo

Continuar lendo

Um pouco mais de Harry Potter e pedido de livros

Na semana passada aconteceu a semana dos livros banidos nos EUA, quando as bibliotecas se mobilizam para denunciar tentativas de censurar livros. Os sete volumes da série Harry Potter costumam frequentar as listas de livros banidos de escolas. O argumento mais usado pra pedir a retirada de HP é a incitação à bruxaria [esoterismo, ocultismo] ou a visão não-cristã da obra – o que é a mesma coisa na cabeça dos que tentam impedir a sua leitura.

Na semana passada também saiu uma notícia que foi replicada em vários sites oficiais de mídia e blogs: segundo um dos redatores de dscursos do governo George W. Bush, o presidente [ou alguém com poder de veto no seu staff] negou a concessão da Medalha da Liberdade para a escritora J. K. Rowling por causa exatamente dessa pretensa incitação à bruxaria.

Segundo o Think Progress [que parece ter sido o primeiro a publicar essa informação] Matt Latimer escreveu no livro Speechless: Tales of a White House Survivor, na página 201:

This was the same sort of narrow thinking that led people in the White House to actually object to giving the author J.K. Rowling a presidential medal because the Harry Potter books encouraged withcraft.

Continuar lendo

[LieToMe] Moral Waiver

Você já teve a impressão de estar sendo observado?

Você já teve a impressão de estar sendo observado?

[...] consequencialismo, cujos grandes defensores incluem Jeremy Bentham e John Stuart Mill. Basicamente, eles dizem que não existem princípios externos abstratos como a ideia de Justiça que possam validar ou invalidar nossos atos. A única forma de julgá-los é através das consequências que acarretam. Vale dizer que são boas as ações que engendram bons resultados. No caso específico de Bentham (conhecido como pai do utilitarismo), o que importa é o princípio de utilidade, que pode ser traduzido na fórmula: “o maior bem para o maior número de pessoas”. [Hélio Schwartsman, 20/08/09]

O título do segundo episódio de Lie To Me meio que entrega de bandeja o destino da trama, mas tudo bem, tem algumas coisas interessantes pelo caminho.

Para começar, ele demonstra que a série não vai se apoiar na tecnologia para resolver os casos e sim na análise humana com o apoio da tecnologia, que pode ser mais influenciável e portanto passível de falha porém é o que apreende melhor a complexidade das ações e reações. E com humor.

A cena inicial mostra o Dr. Lightman e o representante de uma agência a testarem a eficácia de um novo modelo de polígrafo portátil. O polígrafo analisa a resposta corporal às perguntas [aumento da transpiração, pressão arterial, batimentos cardíacos, etc.]. Alguns especialistas dizem que o detetor de mentiras tem de 90 a 95% de acuidade, mas os psicológos reduzem essa margem de acerto para 60%.

O problema desse tipo de mecanismo é que ele deteta as variações corporais mas não o contexto em que essas variações acontecem. Quem tem hipertensão sabe que a pressão pode subir na hora de medir só pela presença do médico ou enfermeiro, por causa da ansiedade. Tem até um nome técnico pra isso: Síndrome do Jaleco Branco.

Por isso nem todos os sistemas judiciais aceitam o resultado do teste do polígrafo como prova comprobatória [eita nóis!]. No Brasil não se aceita, se não me engano, e mesmo nos EUA tem Estado que também não.

Isso não foi dito na série, eu que pesquisei. Por cima. E eu tenho a SJB.

A partir deste ponto há spoilers.

Continuar lendo

Domingueiras

Sim, na primeira versão de Paraíso a Maria Rita noivava com a besta do Otário também. Não suporto essa cara de deboche do ator novo, vontade de espancar. Mas depois disso minha memória é um borrão e não sei se estou a misturar novelas SPOILER —> mas, se não me engano, o Zeca invadia a cerimônia de casamento montado no cavalo e raptava a Maria Rita no altar <— FIM DO SPOILER.

O Ricardo sofre de saudade da Aninha. Porque ele a aaama e não consegue ficar longe dela, certo? Não, porque o apartamento tá um chiqueiro e ele tá com fome.

Todos os personagens criticam a atitude da protagonista – ou a falta de atitude. O Tóbi chega a dizer que ela é burra. A voz do povo é a voz de Deus, nué?

Aliás, apenas agora botei reparo que essa novela não tem vilões. Lerdinha toda vida. Mas nem senti falta de um.

De sexta pra sábado emagreci mais de 200g só de cabelo. Agora entendo porque usavam toucas para dormir antigamente: eu já tava ficando presa no próprio cabelo, mal conseguia me virar na cama.

Melhor do que cloral é o livro O Laboratório dos Venenos, do russo Arkadi Vaksberg: é pegar e dormir. O que me aborrece mais nem é a abordagem tendenciosa [oi, Henderson!] mas principalmente a estética, cheio de vírgulas e construções invertidas que tornam a leitura truncada, sem fluidez.

A estética também é um aspecto importante para europeus e japoneses quando o assunto é… vegetais. Se você tem o pepino torto ou se a sua banana é pequena pode perder a esperança de penetrar naqueles mercados. No Japão se desperdiçam 40% da produção agrícola porque os vegetais fogem do padrão, seja para mais, para menos ou pela forma.

Eu tou me sentindo a própria Soockie Stackhouse graças à @ratobiblioteca: no site The Free Dictionary todo dia tem uma palavra nova pra aprender [e um novo artigo, aniversário, Hoje na História, notícia, citação...]. Tem alguma versão brasileira disso? Tudo num lugar só?

O 37º volume da série Discworld, do Terry Pratchett, será lançado na Inglaterra e EUA no próximo dia 6 de outubro. O autor não sairá em turnê para divulgar Unseen Academicals por causa do Alzheimer :(

“Nos livros de Rowling, para salvar um inocente temos o direito e o dever de transgredir as leis. O direito à desobediência é amplamente justificado em várias situações da série. Harry, muitas vezes, só consegue se salvar e triunfar sobre as forças do mal por causa de sua audácia e capacidade transgressora”, observa Isabelle Smadja, pesquisadora da Universidade de Nancy, em Harry Potter: as razões do sucesso. “Embora ela mantenha a necessária luta entre bem e mal, estamos longe das ficções de baixo nível de hoje dirigidas às crianças, nas quais, para dar curso a uma violência por vezes cruel, se cria o pretexto faccioso de que os ‘bons’ devem lutar contra os ‘maus’ e que, por isso, podem matar e torturar.” [Revista Pesquisa Fapesp #135, mai/07]

Já ouviu falar no verbo “oportunizar”? Nem o Houaiss, nem o Michaelis. Mas essas duas acadêmicas sabem até flexioná-lo.

Toda vez que passa o comercial do café Três Corações lembro do filme Vem Dançar Comigo, o do Baz Luhrman. Love is in the air, manja?

Então Seu Jorge compõe e grava uma música com o título Burguesinha, daí vai lá e estrela a campanha da seção de moda da Riachuelo, né?

Uma das videolocadoras nonde sou cadastrada vai fechar :( A proprietária perguntou se quero comprar algum dos clássicos do acervo, vai me mandar a lista preu escolher.

Tegucigalpa é a capital de Honduras. Isso é uma coisa que não escrevo desde… Bom, desque jogava Quiz. E mesmo assim não frequentava as salas de Capitais.

Ouço muito duas variações de diálogo atualmente:

[1] “Votou nessa pessoa, não foi? Então agora engole seco e vai chorar na cama.”

ou

[2] “Ainda bem que eu não votei nessa pessoa, senão estaria com mais raiva ainda.”

Feliz Dia de Cosme e Damião. Quer um pirulito?

Paixonei em Glee. E comãssim que o vampiro Chow de True Blood é o coach Ken Tanaka, o cara que só tem um par de calças compridas?
Continuar lendo