Outubro Rosa | NFL: A Crucial Catch

Pelo segundo ano seguido, a liga de futebol americano profissional dos EUA promove o mês de conscientização e prevenção do câncer de mama: em todos os jogos disputados em outubro os jogadores, técnicos, juízes, campos de futebol e websites exibirão elementos cor de rosa. Os equipamentos, peças de vestuário, bolas e moedas especiais serão leiloados e a renda beneficiará a American Cancer Society e os projetos sociais dos times e jogadores que se dediquem ao tema.

Neste ano a campanha da NFL tem nome, A Crucial Catch, e concentra-se na divulgação da importância do exame anual. Eu traduzi [de forma amadora, é claro] um quadro do website deles a seguir.

“Devido ao financiamento inadequado do governo federal para o programa de exame do câncer cervical e de mama, menos de uma em cada cinco mulheres consegue fazer o exame e o tratamento que salvaria suas vidas quando elas precisam.

Você pode ajudar a reduzir o risco de ter câncer de mama com exercícios físicos regulares, mantendo um peso saudável e limitando o consumo de bebida alcoólica.

Mais mulheres sobrevivem ao câncer de mama com o diagnóstico precoce e tratamento adequado.”

Vou repetir o que comentei no ano passado: são caras enormes num esporte de contato duro usando pink um mês inteiro para divulgar a conscientização de uma doença predominantemente feminina. Além do futebol americano, outros eventos esportivos usarão a cor rosa durante o mês de outubro: uma corrida da Nascar e outra da Indy [que pretendo comentar depois]; as ligas nacionais de futebol soccer nos EUA [MLS] e no Méxco usarão uma Jabulani pink nos jogos e alguns goleiros usarão luvas da mesma cor. Os times dos EUA organizarão palestras em suas comunidades e doarão parte do lucro da venda de ingressos. As ligas profissionais norte-americanas de basquete [NBA], hóquei no gelo [NHL] e beisebol [MLB] também participam da campanha de prevenção e conscientização, numa escala menor e nem sempre em outubro.

O importante aqui é derrubar barreiras e tabus: o corpo é da mulher, ela é responsável por ele, mas não precisa fazer isso sozinha ou às escondidas, por pudor. Quanto mais gente falar sobre o assunto, maior a conscientização [e, consequentemente, as verbas para pesquisa e a pressão sobre os órgãos públicos de saúde].

Mais fotos: The Examiner

Este post faz parte da blogagem coletiva Outubro Rosa.

Para acompanhar as blogagens: A Vida como a Vida Quer, da Sam Shiraishi.

Sites legais
Dia de Amar Seu Corpo

FEMAMA Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama

Mulher Consciente

Posts legais
Outubro Rosa no Discovery Home & Health [Simone Miletic, Só Seriados de TV]

Ao invés do medo, a prevenção [Simone Miletic, Porque minhas opiniões não cabiam na telinha da TV]

Outubro Rosa: Caneca Alvo da Moda by IBCC [Cler Oliveira, Eu Amo Canecas]

Outubro Rosa [Mari Trigo, Shopaholic]

Outubro Rosa: Luta contra o câncer de mama [Celina Oliveira, Luxos e Luxos]

Dia Rosa Para Todas [Patrícia Assis, De Repente: Mãe]

Você se previne do câncer de mama? Então aproveite o Outubro Rosa [Juliana Lopes Romão, Casa in Ordem]

Dra Laura Lúcia explica como fazer o auto-exame das mamas


Link http://www.youtube.com/watch?v=3L0ME1oJaaw

Post relacionado
NFL goes Pink

Calendário F1, FIndy, Nascar, MotoGP e SuperBike

Hora do post tradicional do PdBUT com os calendários da temporada de automobilismo que eu sigo – mais ou menos. A F1 só tenho visto uma ou outra corrida por ano, da Indy também tenho assistido cada vez menos… Na mesma proporção em que tenho acompanhado cada vez mais a Nascar, por coincidência.

Deve ser o Efeito Montoya.

O piloto britânico da F1 Lewis Hamilton e a cantora do Pussycat Dolls Nicole Scherzinger divulgaram nesta segunda-feira o fim do seu namoro após um ano e oito meses.

O ex-campeão mundial Hamilton, de 25 anos, e Scherzinger, de 31, expressaram o desejo de se concentrarem em suas carreiras. [O Globo, 11/01/10]

Eu vou me abster de comentar a carreira da Nicole Scherzinger, tá? Hush hush.

Fórmula 1
Data Circuito
14/03 Bahrein
28/03 Austrália
04/04 Malásia
18/04 China
09/05 Espanha
23/05 Mônaco
30/05 Turquia
13/06 Canadá
27/06 Europa
11/07 Inglaterra
25/07 Alemanha
01/08 Hungria
29/08 Bélgica
12/09 Itália
26/09 Cingapura
03/10 Japão
17/10 Coreia do Sul
31/10 Emirados Árabes
14/11 Brasil

Continue lendo

Domingueiras

O Windows não foi desligado corretamente

O Windows não foi desligado corretamente

Dorga! O jogo inaugural do estádio do Dallas Cowboys vai ser no mesmo horário que o Emmy. Eu queria ver o famoso telão que interfere nos punts e mostra mensagem de erro do Windows.

Na novela Caras e Bocas, personagem se esgoela porque terá de raspar a cabeça: “Eu estou perdendo tudo o que é mais importante em mim, meu seio, meus cabelos…” Acho que sou muito ruim, porque não senti um pingo de emoção nesse momento.

Ou desprezo conta como emoção?

Eu me preparo para dormir: coloco o marcador de página no livro, ajeito o edredon de lado para o friozinho da madrugada, afofo o travesseiro de cabeça e o de agarrar, apago a luz e deito. Só aí percebo que esqueci de tirar os óculos.

Você já assistiu ao último episódio da Família Dinossauro? Eu não tinha visto, até a Cristine publicar lá no Rato de Biblioteca [senquiu!].

Eu olho o traje vermelho que a Lady GaGa usou pra receber o VMA e lembro de um personagem do folclore brasileiro. O duro é que não lembro exatamente de qual: é da Folia de Reis? Da umbanda? Didonde, Grande A’tuin?

Aaacho que não conheço nenhuma música da Taylor Swift [country, manja?] mas fiquei bem impressionada com a atuação da moça num dos melhores episódios de CSI na temporada passada.

Pequenos prazeres: retirar uma concha de feijão recém-cozido só com água [sem carnes, toucinho, bacon, etc.], misturar com duas colheres de açúcar e mandar ver.

A Adrina me mandou o volume Minas Gerais da coleção Cozinha Regional Brasileira [senquiu!]. Gente, que tortura. Lia as receitas e o estômago chegava a doer de vontade de experimentar tudo. Eu disfarçava mastigando biscoitos cream cracker.

Mas ontem dona mãe fez pernil à pururuca [que não pururucou, não sei se porque tava frio e chovendo ou porque o gás acabou no meio] e bolo de fubá. Jurema se esbaldou.

E cê viu que no volume São Paulo tem receita de rosquinha de pinga?

Quando pesquisei sobre o Seal pro Top Roqueiros Carecas Fazíveis, fiquei sabendo que Flavio Briatore é o pai biológico da filha mais velha da Heidi Klum, mas não participa nada. Seal agradece a ele por permitir-lhe ser o pai dela sem nenhuma interferência.

No post A conta que não fecha, do Ivan Capelli, há um comentário assinado por Gil de Ferran a mencionar uma rodada com objetivos escusos na temporada 2006 da F-Indy.

Aprendi nesta semana: ESCORREITO: que não tem defeito, falha ou lesão; que tem apuro, que é correto.

Via @novohouaiss.

O que Dumbledore faria? Um site bem legal com as lições deixadas por Albus Dumbledore. Em inglês.

Daniel Radcliffe tem me surpreendido cada vez mais com o tratamento paciente e respeitoso com fãs e a mídia.

Que a escritora J. K. Rowling contribui com várias causas sociais infantis a gente sabe, mas desta vez a notícia é que a produção do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte gerou 20 mil libras esterlinas para uma casa de repouso para crianças.

Segundo o IBGE, o gasto médio de uma família brasileira com livros é de R$ 11,00/ano. Eu pensei num monde coisa pra comentar mas decidi que não.

Em vez disso, deixo dois links que valem a leitura:

Passeando pela Bienal no blog Peregrino Mutante

Livros; a estranha lógica editorial no blog Pensamenteando [comentários inclusive]

Blog sonoro [!] dedicado ao mundo dos livros: Mondolivro. Cada áudio dura um minuto e meio, é rapidinho pra baixar e ainda é transcrito nos posts.

Se você é assinante UOL ou Sky faça uso dos cupons de desconto que eles oferecem. Pela mensalidade que cobram é até pouco, mas é melhor que nada.

Lembra da lista dos filmes pra mulérzinha? O blog Cinesmasmorra fez um podcast com vários deles e mais um monde outros que não foram citados. Ficou bem joiado.

Agenda: Nascar, F1, Indy

Nascar
A primeira etapa da Sprint Cup é no dia 7 de fevereiro, em Daytona
Site oficial www.nascar.com
Calendário completo no blog de Sérgio Lago

Formula 1
A primeira prova da temporada será no dia 29/03, na Austrália
Site oficial www.formula1.com
Calendário no UOL

Formula Indy / Champ Car
A primeira prova da temporada será no dia 05/04, no circuito de St. Petersburg
Site oficial www.indycar.com
Calendário no site Speedway
O campeonato talvez não tenha o piloto brasileiro Helio Castroneves, que será julgado por sonegação fiscal em março [link] [link].

500 Milhas de Indianapolis

Danica Patrick após a batida

Atualizado em 26/5/8 às 13h.
O Doido Vinícius achou o vídeo! E, melhor ainda, capturado da transmissão da Band, que tinha uma câmera exclusiva do lado de dentro dos boxes. Brigadê! Já baixei e tou revendo em loop. E se eu fosse o Briscoe tomava cuidado com o que fala: dizer que ela tinha muito espaço pra escapar e que não vai se desculpar coisa nenhuma é pedir pra morrer.

Se antes eu apenas simpatizava com a piloto Danica Patrick, agora sou fã dela desde criancinha!

Danica foi rookie of the year da temporada 2005 e das 500 Milhas de Indianapolis no mesmo ano e foi a primeira mulher a vencer um GP numa categoria Formula (GP de Motegi no Japão, 2008 ) mas o que ganhou minha admiração aconteceu hoje, nas 500 Milhas de Indianapolis. Ela estava entre os dez primeiros colocados quando aconteceu uma bandeira amarela faltando pouco mais de 30 voltas pro final. Ela e a maioria dos pilotos entraram para um último pit stop, congestionando a área.

Continue lendo

Meu paipai

kanaan_hornish-762379.jpgNo GP de Watkins Glen pela IRL, domingo passado, os carros de Tony Kanaan e Sam Hornish Jr tocaram rodas numa briga por posição. Depois da bandeirada, Hornish estacionou o carro ao lado do do brasileiro e peitou Tony, que permaneceu no cockpit mas respondeu à altura; niquiqui chega Bob Pai, digo, Sam Hornish Sr, pra partir pra cima do moleque sem-vergonha que ousou acabar com a brincadeira do filho, uma criança bem-educada e de família [ih, já vi isso antes...].

Continue lendo

De rodas, bolas e bolhas

Um brasileiro vence a corrida no Texas, consolidando a primeira colocação no ranking da IRL e não tem notícia em nenhum dos grandes portais. O mundo é uma bola umbigal. Que seja, o berro que dei quando Sam Hornish Jr. deixou o motor morrer no último pit stop foi bem parecido com o que dei no gol de Drogba contra a Arrentina: era a falta de sorte que atingiu Helio Castroneves em Indianapolis fazendo uma visitinha ao Hornish [sou só eu ou mais alguém pensa besteira quando vê o nome do cara?].

Na IRL também tem a equipe Super Aguri [até onde eu saiba os pilotos não vestem a cueca por cima das calças] e, para manter a tradição, eles também contam com um kamikaze ao volante: o nome deste é Kosuke Matsuura e é totalmente pinel. Ele deu um totó no Vitor Meira que deixou a marca da roda estampada na lateral do carro do brasileiro. Corre o bastante para ser competitivo, só que é um perigo pra quem está do lado. Ou atrás. Ou na frente. Não demora muito e vai ter a licença para dirigir cassada igual quinem o Yuji Ide. A Super Aguri não aprende e já arranjou outro maluco pro terceiro carro que disputa a F1. Por que é que eles não desistem e ficam só no que são bons?

Continue lendo