A Família Tomate

Era uma vez uma folha de rúcula que se apaixonou por um lindo e vermelho tomatinho-cereja.

O papai do tomatinho-cereja, o Senhor Tomatão, era contra o namoro dos dois; ele dizia que a folha de rúcula era verde e que seus netos nasceriam com cara de pizza.

A Senhora Tomate e a família da folha de rúcula, porém, faziam muito gosto no romance. Alguns amigos tentavam convencer o Senhor Tomatão a mudar de idéia, perceber que um preconceito tão feio [estamos no século XXI!, diziam] não era digno de fazer parte de sua personalidade, Senhor Tomatão, um homem tão justo.

Dona Cebola e Dona Cenoura deixaram suas desavenças pessoais de lado para convencer o Senhor Tomatão a aceitar o namoro de seu filho. Até a família Azeitona compareceu para demonstrar que o preconceito era infundado, levando tanto membros do lado Verde quanto do lado das Azeitonas Pretas.

Estavam assim reunidos, numa imensa bagunça, todos falando ao mesmo tempo. O Senhor Tomatão por fim convenceu-se de que o amor é lindo e que netos com cara de pizza não parecia tão má idéia. Todos comemoraram e dançaram.

E aí veio um gigante e comeu todo mundo.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s