Top Letrinha Fazível – Anthony Cade

Evidentemente, Mr. Cade encontrara um velho amigo. Todos admiravam muito Mr. Cade, sua figura alta, esguia, seu rosto bronzeado, a maneira despreocupada com que apaziguava as disputas e os induzia ao bom humor. E agora havia um amigo – certamente um indivíduo de aspecto curioso. Mais ou menos da mesma estatura que Mr. Cade, porém corpulento e não tão bonito.

[...]

– Oh, depois disso viajei e vi o mundo. A igualdade que existe é em proporção infernalmente pequena. Note bem, ainda acredito na democracia. Mas é preciso forçá-la ao povo com mão vigorosa… empurá-la garganta adentro. Os homens não querem ser irmãos… pode ser que um dia queiram, mas por ora não. Minha crença na fraternidade morreu no dia em que cheguei a Londres, semana passada, e vi as pessoas num trem subterrâneo recusando-se resolutamente a se mover para dar lugar aos que entravam. Não se consegue fazer as pessoas virarem anjos, apelando-se para seus bons sentimentos, pelo menos por enquanto. Mas, pela força justa, pode-se obrigá-las a um comportamento mais ou menos decente, umas com as outras. Acredito ainda na fraternidade humana, mas ainda está por vir. Digamos, dentro de uns dez mil anos, ou tanto. Não adianta ser impaciente. A evolução é um processo lento.

Trechos de “O Segredo de Chimneys“, de Agatha Christie, pág. 7 e 252, Círculo do Livro.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s