Miss Universo 2008

Caras, eu nem consigo expressar o alívio que é acompanhar uma competição sem um[a] narrador[a] da Escola Galvão Bueno de Torcida Brasileira de Narração! Assisti a transmissão do Miss Universo pelo canal TNT com a Miss Brasil 2003 1993 Leila Schuster e um interpretador. Foi a primeira transmissão da Leila e ela foi bem sóbria, limitando-se a informar uma coisinha aqui e ali – informação, e não achismos.

Ela não tentou aparecer mais dos que as misses; na verdade, a imagem dela nem apareceu. O único momento em que deixou escapar um torcidinha pela brasileira Natália Anderle foi no finzinho do anúncio das quinze classificadas. Depois disso foi profissional e não ficou de nhenhenhé “ai que peeena que o Brasil não se classificou, ai que as outras são muito mais feias que a nossa belíssima, ai valeu fulana, você é uma vencedora, blablablá”. Ponto pra Leila Schuster.

Eu nem sei se foi isso o que disseram no outro canal, é chute baseado em experiência anterior.

Continue lendo