The Tales of Beedle The Bard

Capa da edição da Bloomsbury

Capa da edição da Bloomsbury

Já recebi e li meu autopresente de Natal, o livro que J. K. Rowling lançou pós-Harry Potter. The Tales of Beedle The Bard é exatamente o que apareceu dentro da trama de Deathly Hallows [As Relíquias da Morte]: uma seleção de contos de fadas para crianças bruxas, enriquecida com anotações pessoais feitas pelo Professor Dumbledore.

Eu achei que essas anotações seriam no estilo de Animais Fantásticos & Onde Habitam, niqui as anotações de Harry, Ron e Hermione aparecem rabiscadas na margens [o que tornou o livro ainda mais divertido], mas não, as anotações seguem ao final de cada um dos cinco contos como se fosse um subcapítulo. Eu aposto que isso foi idéia da Hemione. A única concessão é a capa, que tem a aparência encardida de um livro bem lido diversas vezes.

Por falar em Animais Fantásticos, é uma boa – embora não seja obrigatório – manter este livro ao lado enquanto lê Beedle The Bard, caus que em alguns momentos ou ele ou Dumledore menciona um ou outro animal catalogado lá. Se não tiver em mãos não tem problema, não interfere em nada, é só para incrementar a leitura.

Continue lendo