The Celebrity Apprentice – ep 02

Nadia Comaneci

Nadia Comaneci

Na semana passada comentei que não tinha visto mais a Nadia Comaneci depois da apresentação dos competidores, daí no episódio desta semana eles a mostraram um monte – para ser demitida logo em seguida.

Mas estou a por os carros na frente dos bois começando pelo fim.

A tarefa foi a criação de uma campanha publicitária patrocinada pela Pedigree destinada a incentivar a adoção de cachorros abandonados em abrigos. Parece que por lá o mês de fevereiro é dedicado ao tema. Como eles não arrecadariam fundos e o programa é sobre doação para o programa filantrópico da escolha do líder da equipe vencedora, Donald Trump estipulou 20 mil dólares  como prêmio.

No briefing ele apresentou o representante da Pedigree e perguntou quem dos competidores gostava de animais: eu vi poucas mãos levantadas e, dessas poucas, ainda uma ou duas com relutância, tipo “opa, é marca de ração de cachorro, deixa eu fazer uma média”. O Lennox Lewis e o Tito Ortiz, não, eles foram os primeiros.

Donald Trump: Lennox, você gosta de animais? Isso é uma surpresa. Do que você gosta? Pittbulls?
Lennox Lewis: Gatos.

Momento awww!

A ex-executiva de TV Nely Galán foi a líder do time feminino. O estilo dela é meio… ahn, como dizer… holístico? Inclui abraços e alongamentos e dinâmicas motivacionais – que a Omarosa ignorou em público e desdenhou em privado. Não a culpo.

Omarosa, aliás, optou por um comportamento bem low profile desta vez. Deixou todas as decisões criativas e executivas para Nely e Marilu Henner, que não usaram o fator celebridade na composição do comercial de novo, só que meio que sem querer: estava programado para Marilu aparecer [ela é atriz, além de roteirista, e é conhecida lá na terra dela] só que a atuação ficou tão forçada que ela mesma pediu pra sair.

Donald Trump: Gene, você está dando em cima das suas concorrentes mulheres?
Gene Simmons: Claro que sim, esse é o meu trabalho.

O líder do time masculino foi Gene Simmons, mas há controvérsias. Eu achei que o Stephen Baldwin pôs um pé no quadrado do Gene, teve hora que até esqueci que não era ele o líder. No entanto, como Simmons não pareceu ter problemas com isso, digamos que foi uma liderança compartilhada.

Logo no início da tarefa ele tomou uma decisão que, se fosse com o Roberto Justus, rodaria rapidinho: não fez briefing com o cliente, foi direto para a criação e conceito do comercial. Como  negócio do Trump é mercado imobiliário, então tá limpo. Durante a criação, Ivanka apareceu para acompanhar e ele conseguiu irritá-la duas vezes [tome tenência, cara, é a filha do homem!].

Simmons e Baldwin conseguiram tirar os outros cinco colegas de equipe do sério também, por não deixá-los participar das decisões e expulsá-los do estúdo durante a edição. O mais irritado era Tito Ortiz, e não é seguro irritar um lutador de vale-tudo, irmão.

Na apresentação das peças para o cliente eu quase enrubesci de vergonha alheia: a equipe feminina apareceu combinandinho, todas de preto e/ou amarelo. Não me espantaria nada se fizessem um jogralzinho também. Levaram uma campanha multiplataforma quando o solicitado foi um spot de 30 segundos pra TV, que resultou nisso:


Link http://www.youtube.com/watch?v=hAvmeRIRmuE

Eu achei que vitimizaram demais os animais e, de quebra, vilanizaram os antigos donos. Não confiaria nesse comercial para aumentar a adoção de animais abandonados, e elas estavam evangélicas que alcançaram um tom emotivo. A qualidade do vídeo e da locução também ficou bem amadora.

Na apresentação da equipe Hydra, Gene Simmons mostrou uma autoconfiança bem próxima da arrogância quando o cliente reclamou que os homens não falaram com ele antes. Simmons chegou a citar “A Arte da Guerra” do Sun Tzu [e quando teve a pronúncia corrigida pelo Piers Morgan, v. vídeo, respondeu que usou a versão em mandarim]. Algo sobre a guerra ser resolvida no campo de batalha e não na sala de reunião, não sei, estava ocupada demais rindo do mandarim lá.

Depois, o cliente disse ao Trump que gostou dos dois, mas que amou só um: o do time masculino. Não encontrei a versão final do comercial, só esse vídeo extraído da sala de reunião que mostra trechos do comercial e a reação de alguns competidores [repare nas roupas do time feminino, ainda com o uniforme]:


Link http://www.youtube.com/watch?v=aqGbpBeklCk

*Enxugando uma lagriminha*

Não sei o que você achou, mas pra mim tá quase no mesmo nível do comercial do cachorrinho da Santa Casa. Perceba que até a Omarosa reagiu ao Efeito Awww ao ver aquele cara enorme, que ganhava a vida esmurrando outros caras enormes, esparramado no chão com aquele bichinho brincalhão. E os olhinhos do cachorro quando tava no canil, então?

Everyone needs a champion in their lives. Someone that loves them and cares for them. Sadly, there are two millon dogs homeless in America waiting to be adopted. When you buy Pedigree, you make a donation to help find them a new home. It takes a big heart to be a champion. Have you got one?

Momento awww duplo twist carpado

A voz na locução é do Trace Atkins – impressionante, né? – e o grandão é o Lennox, claro.

Na sala de reunião, Simmons pediu desculpas à Ivanka com um grande gesto, tirando os óculos escuros para que ela visse a sinceridade em seus olhos [hihihi]. Cortou o barato dela rapidinho, a garota tava doida pra pegar no pé dele. Tou lembrando de um competidor do Aprendiz brasileiro do ano passado, acusado de sexista e misógino, que podia aprender com o cara.

A líder Nely levou Nadia e Carol para a mesa de de demissão e Nadia acabou dispensada por algo do tipo “não vejo qualidades de líder em você”, ou coisa parecida.

Melhor momento
O bate-boca entre Omarosa e Piers Morgan quando ela retornou da primeira mesa de demissão. Ele diz “Não leve para o lado pessoal” e ela responde “Você tornou isso pessoal”. Uh, briga!

Notas
O que era aquele vestido da Omarosa? Jane Jetson?
Abertura: não vi no episódio anterior.
Stephen Baldwin é tão esquisito… Não sei se são os olhos ou os lábios. A mãe e a irmã parecem tão normais. Foram receber o cheque da tarefa anterior.
Os 20 mil dólares que Gene Simmons ganhou foram para Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation.
Que eu me lembre, nenhuma das mulheres levantou a mão quando Trump perguntou se alguém gostava de animais. Vaca não conta, né?
Nely dirige a atriz do comercial: “Beije o cachorro, querida, mas sem língua”. EW!

Anúncios

5 comentários sobre “The Celebrity Apprentice – ep 02

  1. Pingback: The Celebrity Apprentice - ep 03 « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  2. Pingback: Parecenças « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s