Mosaicismo

House e o mosaicismo

House e o mosaicismo

Logo no início do episódio The Softer Side, de House, os médicos mencionam uma anomalia genética chamada mosaicismo. Eu mais ou menos já sabia do que se tratava porque isso apareceu muito durante as pesquisas que fiz pro post Quimerismo.

Vamos supor três cenários:

1. Um embrião único divide-se em dois indivíduos com a mesma carga genética, gerando gêmeos idênticos;

2. Dois embriões diferentes se fundem, gerando um indivíduo único com duas cargas genéticas diferentes. Isso é quimerismo;

3. Um embrião sofre mutação em parte das células, geralmente pela perda ou duplicação de cromossomos, gerando um indivíduo único com duas cargas genéticas [DNA] diferentes. Isso é mosaicismo.

O nome vem de mosaico, a arte de formar uma figura usando pedaços de formas e cores diferentes [não confundir mosaicismo com o mosaico dourado, uma doença que ataca os pés de feijão].

A ocorrência desta anomalia genética é mais comum do que o quimerismo. Alguns pesquisadores já sugerem que o mosaicismo seja a origem de doenças como câncer, Síndrome de Down, neurofibromatose, Doença de Huntington, Síndrome de Turner e Mal de Alzheimer. Também começam a suspeitar que doenças autoimunes [oi, alguém falou lúpus?] sejam sintomas de microquimerismos.

No caso de House, o mosaicismo do paciente provocou ambiguidade sexual [hermafroditismo].

O artigo da Nature lembra que, na fertilização in vitro, normalmente, se transfere mais de um embrião para ser implantado na mãe. Aliás, é justamente isso que explica a elevada incidência de nascimento de gêmeos não idênticos em tais casos. Esse aumento implica pelo menos um risco proporcional de anomalias raras associadas à gestação de gêmeos, entre as quais o quimerismo. [Ciência Hoje, set/2002, pág. 67]

Daí estava matutando… Mutações genéticas, né?

É.

É.

Anúncios

10 comentários sobre “Mosaicismo

  1. Ô, Naomi também é cultura e ciência!

    Sim, sim, eu lembro do seu post sobre o quimerismo (acho que foi por causa de um episódio do CSI, se não me engano) e já tinha adorado aquele texto. Adoro essas conexões! E sou fã de carteira de House e de X-Men (nas HQs, fase de ouro e de prata, só). Beijo.

  2. Mondiê, quanta cultura vc me passa! Sabe, a incidência de infertilidade ocorre mais nas mulheres do hemisfério norte, e talvez por abusar de hormônios, o que se vê muito, mas muito mesmo são gêmeos por aí. Vou até dar uma olhada nas páginas daquí, de incidência de mosaicismo e quimerismo.

  3. Pingback: Quimerismo e Investigação Criminal | Biosfera MS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s