Vertigo / Um Corpo Que Cai

Pôster fo filme

Pôster do filme

Semanas atrás consegui finalmente assistir a um pouco de TV em casa e tive a sorte de pegar Um Corpo Que Cai [Vertigo, EUA/1958] logo no começo no TCM. Com isso, é menos um na minha lista de pendências cinematográficas, iei! Agora só faltam, xeu ver… err… ah, uns vários aí, o que inclui quase toda a filmografia de Alfred Hitchcock. Como virei fã do James Stewart depois de Meu Amigo Harvey, fiquei foi bem contente por ver justamente um com o ator no papel de um policial aposentado depois de desenvolver acrofobia, pavor de altura. A pessoa que sofre deste mal psicológico sente tonturas ou vertigem em lugares altos – daí o título original, Vertigo.

Em um dos sites que pesquisei, dizem que um cameramen de Hitchcock foi quem inventou aquele efeito de aproximação da câmera que simula o efeito da vertigem quando o personagem de Stewart sobe as escadas e olha pra baixo, tecnicamente chamado de “trombone shot” ou “contra-zoom”.

O suspense se passa em San Francisco. Muitas vezes li em resenhas de outros filmes ambientados em Nova Iorque o seguinte lugar-comum: “a cidade é personagem do filme”. Esta foi a primeira vez em que pensei em usar esse clichezão, porque as ruas tipicamente íngremes de SF foram indispensáveis para criar o efeito labiríntico da primeira metade do filme.

Continue lendo