[TrueBlood] Shake and Fingerpop

Tá com fome?

Tá com fome?

Q: O que te atraiu nas lendas de vampiros?

Anne Rice: O que me interessou a respeito dos vampiros foi a ideia de que se trata de forasteiros poderosos que vivem numa vida de escuridão e ainda assim aferram-se a essa vida. Eu queria explorar a ideia de um monstro trágico, que era mais humano do que monstro, e eu vi naquela criatura uma metáfora para o forasteiro que existe dentro de todos nós. E esta metáfora parecia rica e excitante. [Examiner.com, 25/06/09, tradução tabajara]

A escritora Anne Rice [Entrevista com o vampiro] disse também que o vampiro Bill de True Blood representa a metáfora do pária sofredor. Imagine se não caí da cama de tanto rir quando ele e Sookie discutem sua condição logo no início do episódio.

Bill: Ela é…
Sookie: É, eu sei, uma vampira. Acredite em mim, aprendi a lição. Mas acho que devemos levá-la conosco para Dallas. Acho que será bom para você, porque, no fundo, você não gosta de vampiros, mesmo sendo um.
Bill: E daí?
Sookie: Odiar a si mesmo é uma coisa ruim.
Bill: Eu sou um vampiro. Espera-se que eu seja atormentado.

Eu gostei bem mais deste episódio caus que foi mais fiel ao universo vampírico criado por Charlaine Harris, misturando bem a tensão política, a ação física e o humor, que andou meio abandonado ultimamente.

A partir deste ponto pode haver spoiler. Fumar pode causar impotência sexual.

Bill, Sookie e Jessica seguem para Dallas para investigar o desaparecimento de um vampiro que tem o dobro da idade de Eric, o que o preocupa por dois motivos: se humanos conseguiram sequestrar um vampiro tão poderoso, ninguém estará a salvo – vale lembrar que, quanto mais velho o vampiro, mais poderoso ele é, e Eric tem mil anos. Se Godric não for encontrado, os vampiros do Texas podem atacar os humanos em retaliação, quebrando o acordo tácito de convivência pacífica. É como as coisas são feitas no Texas, diz Eric – e eu lembrei de um ep de Boston Legal niqui o Alan Shore [James Spader] tem que defender um condenado no corredor da morte naquele estado e acontece um choque de cultura [é o lar dos Bush, afinal; é de se esperar que os vampiros tenham absorvido alguas das práticas humanas com o convívio…].

Sim, Tia Batata, recebi seu SMS.

Sim, Tia Batata, recebi seu SMS.

Assim que os três desembarcam, acontece uma tentativa de sequestro: um mercenário contratado pela Fellowship of the Sun tenta agarrar Sookie mas falha – e aí começa uma sequência de cenas ótimas com a Jessica e o Bill que tem seu ápice quando Jessica pede “B negativo, heterossexual” pelo serviço de quarto do hotel. Ela tem sido uma das melhores sacadas da série que não tem a ver com os livros.

Outra personagem que ganhou um espaço enorme e que estou gostando bastante é a Tara: ela tem se revelado uma pessoa de coração generoso e leal, mesmo com a cabeça toda bagunçada por causa da mãe. Eu realmente esperava que se acertasse com o Sam, mas pelo jeito ambos se envolveram com pessoas que têm mais segredos do que eles [eu desconfio do Eggs, sim, por instinto, nada a ver com os livros]. Da Daphne pensei que estivesse relacionada com a Maryann por causa das cicatrizes, agora acho que seja outra shapeshifter.

Desta vez quase não teve pista nova sobre a identidade da Maryann no episódio exceto se considerarmos que a autópsia de Miss Jeanette tenha relação com a estranha, então dou uma aqui. O poeta grego Eurípides imortalizou os seres como Maryann na peça As Bacantes [405 a.C.], que pode ser baixado em formato PDF neste link. O objetivo dessa personagem na série é que não captei ainda…

Jason Stackhouse é outro personagem que ganhou bem mais visibilidade na série e, apesar de eu ainda achar que o ator passa a impressão de fraqueza, teve duas cenas muito engraçadas neste ep: a discussão sobre quem teria sido o primeiro vampiro [Jesus, Lázaro ou Caim] e a alucinação com a esposa do pastor na churrasqueira ao som de Louisianna Hot Sauce.

Quanto à personagem principal, que dá nome à serie de livros, Sookie Stackhouse… A mocinha sofre uma tentativa de sequestro e deixa que Bill e Jessica resolvam tudo – Jessica, que só está aprendendo a hipnotizar agora.

*Estapeia estapeia ESTAPEIA*

Oi! Acorda pra cuspir! Você é uma telepata, mulé!

Usa esse poder pra alguma coisa útil, é por causa dele que você se destaca na comunidade vampira e é por causa dele que o Eric tá pagando 10 mil dólares.

*Bufa*

Cara, até Barry-o-porteiro é mais telepata do que ela.

Para passar a raiva, xeu rever a melhor cena do episódio: Lafayette e Eric.

Link http://www.youtube.com/watch?v=5CxbJ_3ZaJ8

Setlist das músicas do episódio no site TruBlood.Net

Imagens: The Vault e Sucker for Vampires

Posts relacionados
[TrueBlood] Scratches
[TrueBlood] Keep this party going
[TrueBlood] Nothing but the blood
Southern Vampires / True Blood

Atualização
Claro que eu tinha de esquecer algo. Três algos, desta vez.

1. A segunda temporada de TrueBlood estreia no próximo domingo na HBO brasileira.
2. Anna Paquin e Stephen Moyer [Sookie e Bill] concorrem ao Teen Choice Awards’09.
3. O lançamento do livro Vampiros em Dallas foi prorrogado para 24/07/09.

Atualização 16/07/09
A série recebeu apenas três indicações ao Emmy, praticamente apenas técnicas:

. Direção de arte para série com uma câmera [ep. Burning House of Love; Cold Ground; Sparks Fly Out]
. Elenco de série dramática
. Desenho do título principal

A lista completa de indicados está aqui.

Anúncios

16 comentários sobre “[TrueBlood] Shake and Fingerpop

  1. 😆
    O destaque em negrito contra o tabagismo tá me fazendo rolar de rir.
    😆

    Filas intermináveis nas sessões do Enigma!
    Consegui finalmente dar boas risadas com a Sandra Bullock.
    Aliás, a sintonia da platéia estava ótima.
    Rolava até papo descontraído de perguntinhas e respostas rápidas, esclarecedoras.
    “Dormir com o dia claro? Que povo mais doido!”
    “É no Alaska!”
    “É mesmo!”
    E, na sequência com o sol da meia noite…
    “Uau! Que lindo!”

    Adorei a carinha do trio poteriano, no cartaz do Enigma!
    🙂

      • Conto, sim!
        :yes:

        Na madrugada de sexta para sábado, tive que ficar acordada, por conta do trabalho.
        Circunstancialmente fiquei acordada, mesmo!
        Mas, enquanto aguardava…
        Fui convidada a ficar na sala de televisão, de bordo do navio.
        Sistema PalM, televisão em preto em branco…
        O povo de bordo mui gentil…

        Lá me vi eu, na frente da televisão, assistindo Blade.
        Vi dois episódios dele, seguidos, no teleseriados.
        Até que gostei do Blade!
        E do episódio de como ele surgiu!
        Tão descaradamente humano.
        😆

  2. E pensar que nos livros a Sookie se livra do sequestro (e da maioria dos problemas) sozinha…

    Eu acho muito chato que a protagonista seja justamente a personagem mais enfraquecida do seriado.

    Gosto muito da Jess, mas se for p/ ela ocupar o espaço da Sookie, preferia que a menina não tivesse entrado.

    E outra mudança é essa do Bill ser angustiado. Nos livros ele esta completamente ajustado a sua condição vampirica e aprecia sim a companhia de seus semelhantes.

    Apesar disso ainda gosto da serie, mas achei esse episodio meio parado. Ele só deu seguimento ao que estava acontecendo.

    Vamos ver oq vem por ai.

    E mais uma vez obrigado pelos contos. ^^

    • dinada, anderson 🙂

      eu tou bem curiosa pra ver como é que vão desenrolar esse arco se a sookie continuar essa mosca morta sem força de vontade e cheia de mimimi. a sorte é que tudo o mais que não está relacionado com o núcleo dela é legal.

  3. Pingback: [TrueBlood] Never Let Me Go « Batata Transgênica

  4. Pingback: [TrueBlood] Time Bomb « Batata Transgênica

  5. Pingback: [TrueBlood] I Will Rise Up « Batata Transgênica

  6. Pingback: [TrueBlood] New World in My View « Batata Transgênica

  7. Pingback: [TrueBlood] Behind Here Lies Nothin’ « Batata Transgênica

  8. Pingback: True Blood no SBT… em 2011 « Televisão é Magia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s