Rosquinhas de pinga

Comentei no Tuítis que estava com vontade de comê-las [achei no dia seguinte, no supermercado] e o Marco [SP] e a Sweet [PE] responderam que nunca ouviram falar. Achei que fosse por viverem em grandes centros, mas aí descubro que meu tio, que mora bem na frente do tal supermercado, também não conhecia – acabei perdendo uma rosquinha pra ele experimentar.

Daí ficou-se-me a dúvida, né? E tu, conhece a rosquinha de pinga?

Anúncios

10 comentários sobre “Rosquinhas de pinga

  1. ai. inferno. conheço.E AGORA QUEM TÁ COM LOMBRIGA SOU EU, hahaha.
    mas ó, minha família veio do interior de são paulo e tal. mas não sei se é por isso que conheço nao, pq a minha vizinha de quando eu era criança, a dona Adélia – quedeosatenha – fazia.
    e quando eu era criança eu nao gostava muito, pq ficava um residual de alcool na que ela fazia que pra mim era ruim.
    mas depois de mais crescidinha – o paladar muda, né – passei a gostar.
    mas minha mãe nao faz nem com reza brava essas coisas.

    hummm. rosquinha de pinga, bolinho de chuva e pão de cristo. nham.
    tu tem a receita do pao de crista? non temos mais :/

  2. ai deuses, e minha tia faz uma bolachinha de nata, NAOMIDOCÉO que é de comer rezando. só que ela mora longe, ali pras bandas de rio preto + 200 km pra frente. mas todavez que ela vem pra cá – ou eu vou pra lá – ela me traz UM BALDE de bolachinha de nata. e outro de doce de mamão em pedaços, haha, pq não sou besta nem nada.
    😉

  3. Ô se conheço! Minha sogra faz umas rosquinhas deliciosas… aqui está a receita que peguei com ela. Nunca experimentei fazer, mas não acho difícil acertar a mão. Vamos lá:

    Rosquinhas de pinga (da D. Maria)

    1 xícara de óleo
    1 xícara de pinga
    1 colher (sobremesa) de erva doce
    Mistura tudo e vai acrescentando farinha de trigo até dar ponto para enrolar. Fazer as rosquinhas e colocar numa assadeira sem untar. Levar ao forno por 20 minutos. Quando retirar do forno, ainda quente, passar as rosquinhas rapidamente em água com açúcar, escorrer e jogar no açúcar refinado. Sacudir para tirar o excesso e guardar em potes.

    O duro é comer uma só…. são deliciosas!

  4. Hummm…de deixar a gente bêuda.

    Numa tardezinha chuvosa de inverno como peguei todos o dias aí parecem ideais. Com um chazinho sem açucar, pra balancear. Gente do céu, São Pedro endoideceu este ano? Voltei mofada de umidade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s