Domingueiras

O Windows não foi desligado corretamente

O Windows não foi desligado corretamente

Dorga! O jogo inaugural do estádio do Dallas Cowboys vai ser no mesmo horário que o Emmy. Eu queria ver o famoso telão que interfere nos punts e mostra mensagem de erro do Windows.

Na novela Caras e Bocas, personagem se esgoela porque terá de raspar a cabeça: “Eu estou perdendo tudo o que é mais importante em mim, meu seio, meus cabelos…” Acho que sou muito ruim, porque não senti um pingo de emoção nesse momento.

Ou desprezo conta como emoção?

Eu me preparo para dormir: coloco o marcador de página no livro, ajeito o edredon de lado para o friozinho da madrugada, afofo o travesseiro de cabeça e o de agarrar, apago a luz e deito. Só aí percebo que esqueci de tirar os óculos.

Você já assistiu ao último episódio da Família Dinossauro? Eu não tinha visto, até a Cristine publicar lá no Rato de Biblioteca [senquiu!].

Eu olho o traje vermelho que a Lady GaGa usou pra receber o VMA e lembro de um personagem do folclore brasileiro. O duro é que não lembro exatamente de qual: é da Folia de Reis? Da umbanda? Didonde, Grande A’tuin?

Aaacho que não conheço nenhuma música da Taylor Swift [country, manja?] mas fiquei bem impressionada com a atuação da moça num dos melhores episódios de CSI na temporada passada.

Pequenos prazeres: retirar uma concha de feijão recém-cozido só com água [sem carnes, toucinho, bacon, etc.], misturar com duas colheres de açúcar e mandar ver.

A Adrina me mandou o volume Minas Gerais da coleção Cozinha Regional Brasileira [senquiu!]. Gente, que tortura. Lia as receitas e o estômago chegava a doer de vontade de experimentar tudo. Eu disfarçava mastigando biscoitos cream cracker.

Mas ontem dona mãe fez pernil à pururuca [que não pururucou, não sei se porque tava frio e chovendo ou porque o gás acabou no meio] e bolo de fubá. Jurema se esbaldou.

E cê viu que no volume São Paulo tem receita de rosquinha de pinga?

Quando pesquisei sobre o Seal pro Top Roqueiros Carecas Fazíveis, fiquei sabendo que Flavio Briatore é o pai biológico da filha mais velha da Heidi Klum, mas não participa nada. Seal agradece a ele por permitir-lhe ser o pai dela sem nenhuma interferência.

No post A conta que não fecha, do Ivan Capelli, há um comentário assinado por Gil de Ferran a mencionar uma rodada com objetivos escusos na temporada 2006 da F-Indy.

Aprendi nesta semana: ESCORREITO: que não tem defeito, falha ou lesão; que tem apuro, que é correto.

Via @novohouaiss.

O que Dumbledore faria? Um site bem legal com as lições deixadas por Albus Dumbledore. Em inglês.

Daniel Radcliffe tem me surpreendido cada vez mais com o tratamento paciente e respeitoso com fãs e a mídia.

Que a escritora J. K. Rowling contribui com várias causas sociais infantis a gente sabe, mas desta vez a notícia é que a produção do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte gerou 20 mil libras esterlinas para uma casa de repouso para crianças.

Segundo o IBGE, o gasto médio de uma família brasileira com livros é de R$ 11,00/ano. Eu pensei num monde coisa pra comentar mas decidi que não.

Em vez disso, deixo dois links que valem a leitura:

Passeando pela Bienal no blog Peregrino Mutante

Livros; a estranha lógica editorial no blog Pensamenteando [comentários inclusive]

Blog sonoro [!] dedicado ao mundo dos livros: Mondolivro. Cada áudio dura um minuto e meio, é rapidinho pra baixar e ainda é transcrito nos posts.

Se você é assinante UOL ou Sky faça uso dos cupons de desconto que eles oferecem. Pela mensalidade que cobram é até pouco, mas é melhor que nada.

Lembra da lista dos filmes pra mulérzinha? O blog Cinesmasmorra fez um podcast com vários deles e mais um monde outros que não foram citados. Ficou bem joiado.

Anúncios

11 comentários sobre “Domingueiras

  1. Pingback: Crepúsculo versus Harry Potter, Dumbledore e as ações de Rowling « Cinema é Magia

  2. Hummm, essa do ESCORREITO… Tudo que é correto escorre bem, é bem deslizeito e flueito…Será que vem daí?

    O pobrema mostrado pelo IBGE é que déi real ou 11 que seja, só dá pra pagar o prefácio de um livro no Brasil. Essa média significa que o saldo anual de leitura de 10 brasileiros foi dividido por 180 milhões, e então acho que dá nisso memo.

    Bat, juro, (cof) eu nunca ví um livro-audio de que fala. Nem sabia que existisse. Tudo bem, ando primitiva, mas agora fiquei comprexada. É em forma de CD? O José Wilker vem junto com o exemplar? Tenho que servir cafezinho pra ele nos intervalos de capítulos? Uau, tenho que conhecer esse instrumento novo, ah se tenho.

  3. A Taylor Swift faz um country meio pop, é legalzinho e parece que ela tb compõe, não é minha favorita mas é simpatica

    o Seal é tudo de bom não? tenho uma inveja da Heide Klumm

    já aconteceu comigo varias vezes de esquecer de tirar os oculos pra dormir kkkkkkk

    • Eu já esqueci de tirar o óculos para dormir, para tomar banho, para entrar na piscina (mergulhar)….
      Inclusive já esqueci que estava usando óculos de grau e ao entrar em um ambiente, levantei e coloquei na cabeça como se fosse óculos escuro o.O (e obviamente percebi o erro qdo vi que não enxerga mais lhufas, heheheh)

  4. Eu entro no chuveiro de óculos. E isso depois de tirar a roupa, quando geralmente as blusas passam pelo pescoço. É triste, viu?

    A comida mineira é deliciosa, Lu, mas acho que pela quantidade de gordura, é um pouco enjoativa, além de engordativa. O esquema é colocar a menos quantidade possível de gorduras e óleos para tentar deixas as coisas mais levres.

    Feijão com açúcar nunca comi, não, mas hoje fiz um com alho e cebola que ficou dilícia.

    Por fim, no dia em que’ssas meninas que fazem papel de pessoas com câncer intepretarem uma cena pós-quimio, com vômitos e febre de 40°, aí sim vou achar interessante. Esse povo nem faz idéia do que tá fazendo.

  5. Brigadinha pela referência, flor! 😉

    Sabe que também não conhecia a Taylor Swift? Mas de qualquer forma, ninguém merecia a grosseria do Kanye West, eta carinha mal educado… mamãe não ensinou a ele não?

    Feijão com açúcar? essa eu nunca ia imaginar, mas vou experimentar da próxima vez que cozinhar feijão. O que eu adoro é pegar uma colheradona do feijão recém-temperado e mandar ver, dilícia…

    Gostei do artigo sobre HP e Twilight, realmente o Radcliffe é um rapazinho simpático… esse a mamãe ensinou direitinho.

    Beijocas e uma ótima semana!

  6. Feijão adocicado? Assim, com açúcar?
    Me faz lembrar da culinária baiana que faz o feijão de leite, adocicado.
    Provei, mas, não aprovei.
    Mas, respeito, porque a culinária japonesa tem seus toques adocicados ma-ra-vi-lho-sos!
    🙂

    A Lady Gaga reinvetou a tocha, como bem lembrou o Tom.
    Credo!
    Faltaram tons alaranjados…
    😉

    Eu me lembro vagamente do jovem adolescente dando uma aula de ecologia…
    Mas, não consegui abrir aqui o link.
    Esse VIVO ZAP tá com falseta!
    Mas, nem vou me aborrecer, porque dizem que eu sou só mais uma a reclamar.
    O site da anatel nem está abrindo, e ainda não me deram resposta, nem das automáticas…
    É esperar para ver.
    Aliás, li estes dias que a anatel está monitorando a transmissão de dados, por conta do problemão com o Speedy de Sampa…
    ai ai (haja suspiros)
    Mas, tá valendo pela dica!
    Obrigada a você e ao Tom.

    E o Emmy?!
    Vai repetir as escolhas de 2008, tal como dizem?!

    E o Oscar? Mudou regras. Agora quem votar vai ter que dizer em qual classificação, de 1 a 10. Mudanças!

    Óculos?
    Uma amiga lembra que usou o dela na terça da semana passada.
    Mas, não sabe onde deixou, com caixinha e tudo.
    Melhor a gente esquecer de tirar, que esquecer onde foi parar.
    E essa de entrar com eles no chuveiro?!
    😆

  7. O final de Família Dinossauro é muito triste, passou nas madrugada da Band outro dia.
    Tatiana é o nome dessa personagem de Caras e Bocas que logo que conheceu o homi lá, já se jogou quase que seminua pra cima dele. Esperar o que, né?
    Alugar estante por centímetro? Meus Deus, que coisa.
    Feijão com açucar? Êta jurema assanhada.

  8. Fiquei meio chocada com o final da Família Dinossauro. Que foi ótimo. Mas se eu visse isso aos 14, seria ainda mais xarope do que sou hoje.
    Feijão com açúcar é tradição nipônica, né? Eu, quase baiana q sou, prefiro com uma farinhazinha. Um dia, na casa de uma amiga de família japonesa, precisei mentalizar fortemente um chocolate enqto tentava digerir um docinho de feijão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s