[TrueBlood] It Hurts Me Too

Alcide e Sooke

Alcide e Sookie

A Simone Miletic está a sortear o box da segunda temporada de True Blood – veja lá no Só Seriados de TV.

It’s interesting that the courage and wit, in all of these cases, of the vampire-hero’s lady love, relying on her mostly human repertoire of skills and savvy measures up to or outdoes that of her super-powered swain. Time and again, she saves him: from himself and from his foes. By standing by his side, despite his debilitating reaction to kryptonite or sunlight, she proves her mettle and his value. [Huffington Post, 24/06/10]

Segundo o artigo de Laura Brounstein, vampiros são os super-herois da hora e, assim como Lois Lane e Mary-Jane, o papel das mocinhas é ajudá-los e salvá-los ao dar-lhes apoio moral e ficar ao lado deles. Eu… fiquei sem palavras. Acho que, no fim, errada estou eu ao exigir uma protagonista forte e independente, que luta contra o mal em pé de igualdade com um ser com poderes superiores ao seus, que consegue defender-se sozinha apesar de ter a opção de se apoiar sempre no tal super-heroi. Erradas somos eu e você que xinga a Sookie bestalhona da série de TV.

E olha que neste episódio eu até gostei da Sookeh quase o tempo todo! A cena inicial, quando…

A partir deste ponto há spoilers.

… ela atira contra o lobisomem que invadiu sua casa ao invés de esperar que o Eric tomasse uma atitude foi totalmente fiel à Sookie Stackhouse da Charlaine Harris. Daí Eric manda que ela não atire no cara de novo, e ela atira. Eric tenta enganá-la com o truque da bala encravada quinem na temporada passada e ela o desafia. Mais tarde, Sookie interage com os amigos, demonstra interesse por suas vidas em vez de apenas usá-los para falar do seu relacionamento com Bill e até providencia o funeral de Eggs em respeito à sua amizade com Tara.

Ela ainda demonstra bom-senso ao ponderar e aceitar as ideias e ajuda de Eric para ir a Jackson, no Mississipi, assim como o guia sangue quente Alcide Herveaux [Alcideee! Yum!]; segue a intuição e adota a linha loura-burra para obter respostas no bar dos Weres e usa, por duas vezes no mesmo episódio, o dom que a torna especial, a telepatia: primeiro com o Were que invadiu sua casa e depois com o do bar. E aí ela volta ao normal na cena da tentativa de estupro.

Eu vou me abster de continuar comentando a ausência de instinto de preservação e autodefesa da Sookie nos casos de ataque contra a sua pessoa hoje, blz?

Voltemos à outra metade do problema, que também melhorou muito neste ep: Bill tinha atacado Lorena ao descobrir que ela era a responsável pelo rapto [e de quebra irritou Talbot por estragar o tapete]. Olha os modos, rapá. Sorte sua que você ainda é útil para os planos de Russell, que conhece o ponto fraco de Bill porque, de certa forma, é o ponto fraco dele também – e o de Lorena, por falar nisso: o alvo do seu interesse/obsessão. Russell e Lorena lidaram com isso transformando-os em vampiros para que ficassem juntos pelo resto de suas não-vidas, e ambos tentam convencer Bill que esta é a única maneira de salvar o objeto de seu amor, em diferentes fases da vida dele.

Xeu te contar, eu tenho pena da Lorena. Não compactuo, não concordo com seus métodos, mas tenho pena. Uma pessoa que desce a níveis tão abjetos por “amor”… Ser obrigada a usar seu poder de maker para fazê-lo, ahn… fornicar com ela contra a vontade dele, isso deve destruir seu amor-próprio mas mesmo assim ela o faz. Sabe quem a Lorena me lembra? A Mérope Gaunt, mãe do Tom Riddle [Harry Potter]. É esse tipo de pessoa que paga às “ciganas” pra trazer o amor de volta em sete dias, ou para amarrar o tal amor.

Yeah, it hurts me too.

E pooor falar em obsessão, xeu comentar uma ideia que me bateu no ep passado. Contém spoiler dos livros, então clique e arraste depois da imagem abaixo  por sua conta 😆

A árvore genealógica da Sookie

A árvore genealógica da Sookie

–> Não me lembro em qual livro Charlaine Harris descreveu a vida familiar dos Stackhouse quando os pais de Sookie e Jason eram vivos; o caso é que a mãe deles não ligava a mínima para as crianças. Michelle era obcecada pelo marido do mesmo modo que Sookie é obcecada por Bill, de uma tal forma que as outras pessoas são apenas um borrão em sua existência – mesmo que essas outras pessoas sejam seus próprios filhos.

Isso acontecia por causa da herança genética fae do pai da Sookie, que era mestiço de fada com humana – vovô Stackhouse não podia ter filhos e Gran Adele teve um affair com Fintan, filho do Rei das Fadas Niall com uma humana. Os fae exercem uma enorme atração tanto nos humanos quanto nos seres sobrenaturais: Corbett Stackhouse era 1/4 fae, Sookie e Jason são 1/8 fae [e Hunter, filho da prima Hadley, neto da tia Linda, tem 1/16 de sangue fae].

Ou você acha que o Jason consegue todas as garotas [e até a amizade dos caras] só porque é bonitinho? 😛

V. no blog Loving True Blood in Dallas a linhagem de Niall Brigant.

Imagino que acharam que isso ia complicar muito e então vieram com essa outra árvore genealógica aí na série, niqui circularam o nome do avô Stackhouse – se é que o dom da Sookie terá a mesma explicação que nos livros. Já inverteram a obsessão de lado, isto é, fizeram a mestiça de fae ser a obcecada ao invés dela atrair os outros.
<–

K, este post já tá ficando longo demais, então só comentarei os outros núcleos rapidinho.

. Jason: até quando ele vai ficar traumatizado? Gera situações engraçadas, sim, mas ele meio que estagnou;
. Jessica: viu, Bill? Uma boa criação e cuidados neonatais garantem a fidelidade dos “filhos”;
. Tara: a rainha dos Mr. Wrong Guy;
. Franklin: Mr. Wrong Guy himself;
. Sam & Família: a premissa era boa demais pra ser verdade, hu?;
. Pam: “pense na Estônia”, :lol
. Terry: cara, fiquei de coração partido…
. humor e horror: é por isso que continuo acompanhando True Blood e esta temporada tem montes das duas coisas.

Domingo que vem é Dia da Independência lá nos EUA, não tem ep inédito. O próximo só no dia 11/07.

Postmorten Season 3 Episode #3: Joe Manganiello talks about werewolves


Link http://www.youtube.com/watch?v=JwsgUGN2vHM

“I didn’t want to write about being a vampire,” she continues. “I wanted to write about people who were interacting with vampires. I thought it would be fun to write about a woman dating a vampire, so I imagined what kind of woman would do such a stupid thing. It’d have to be a woman who couldn’t date humans for another reason.” [Charlaine Harris na Vanity Fair, 28/06/10]

Posts relacionados
Beautifully Broken
Bad Blood

Anúncios

17 comentários sobre “[TrueBlood] It Hurts Me Too

  1. Eu gostei do Alcide! Alan Ball escolheu bem. Claro que ainda falta o teste da praia, aka sem camisa, mas acho que ele passa with honors. Também gosto do lobo bandidão Cooter.
    Acho que o Franklin vai apimentar essa temporada, se bem que o Rei Russel está só começando.
    Podiam ter criado um manual tipo Vampire for Dummies para Jessica, coitadinha.
    Sookie realmente melhorou muito nesse episódio, mas que roupa era aquela que ela foi no bar dos lobos??

    Só dia 11??? 😦

  2. Eu gostei bastante desse episódio, Naomi. A Sookie está melhor e seu guarda-roupa (ainda é assim que se escreve?) também.
    Eu fico com pena do Sam. Foi atrás de suas raízes para poder se compreender melhor (sinto falta do Sam autoconfiante e conhecedor do mundo sobrenatural dos livros) e acabou numa roubada. Que família!
    Eu gosto da Lorena e sinceramente o que ela falou para o Bill é uma verdade. Ou pelo menos era uma verdade no momento que ela falou. A esposa dele não aceitaria a situação muito bem. Diferente da Sookie hoje em dia, que vive num mundo diferente.
    Gostei da cena do sexo. Ele negando e sendo traído por si mesmo, mas incapaz de olhá-la nos olhos. Na minha humilde opinião, um dos maiores furos na interação desses dois foi fazerem a Lorena libertá-lo vários anos atrás. Ela é muito mais interessante como personagem tendo o domínio sobre o Bill.
    E por falar em Bill, sinto pena da coitada da Jesse. Não merecia um maker como o Bill. Não é à toa que ela fala tudo para Franklin (que é bem diferente do que eu imaginava nos livros, mas gostei mais dessa versão).

  3. Taí! Essa saga vai ser que nem Harry Potter. Eu lendo por aqui. E sem me abalar. Um belo dia, passa no sbt um episódio do Harry Potter. E eu me apaixonei! Entendi todos vocês, que seguem e discutem.
    Essa saga ainda não me pegou… Por enquanto!
    😉

  4. Naomi, os vampiros em TB são diferente dos livros, os makers podem “liberar” seus filhos, e a partir de então não podem mais “forçar” eles para nada. Como a Lorena liberou o Bill anos atras então ela não pode obrigar ele a “sei-la-o-que” era aquilo que eles fizeram. Acho que ele queria puni-la com o sexo (como muitos abusadores fazem) mas como ela é uma louca totalmente obcecada acabou deixando, sei lá. Mas ela não pode força-lo mais.

  5. Olassssssssssss.

    Tudo de bom?

    Bom, bom, bom.

    Eu to aqui p/ relembrar uma coisa.

    Lá no ano passado, bem no fim da segunda temporada, eu falei que o Sam ia acabar tendo sonhos eroticos com o Bill por causa da troca de sangue. ^^

    E só p/ constar, eu estava certo.

    palmas p/ mim.

  6. Pingback: [TrueBlood] 9 Crimes « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  7. Pingback: [TrueBlood] Trouble « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  8. Pingback: [TrueBlood] I Got a Right to Sing the Blues « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  9. Pingback: [TrueBlood] Hitting the Ground « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  10. Pingback: [TrueBlood] Night on the Sun « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  11. Pingback: [TrueBlood] Everything Is Broken « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  12. Pingback: [TrueBlood] I Smell A Rat « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  13. Pingback: [TrueBlood] Fresh Blood « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  14. Pingback: [TrueBlood] Evil Is Going On « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s