10 livros em 10 dias | Livro que exigiu mais atenção

Capas do livro

Capas do livro

Dia 5

O tema original deste post era “Livro que mais te fez ter a atenção nele” e fiquei confusa. Se for o livro que mais prendeu minha atenção eu estou enrascada porque são muitos. Optei pela mesma interpretação da Cristine, ou seja, o livro que exigiu que eu lesse com mais atenção pra não me perder na história.

Neste ponto o campeão é Jonathan Strange & Mr. Norrell, da escritora Susanna Clarke, sem dúvida. Quem acompanha este blog sabe da minha luta para terminar a leitura, que comecei e abandonei várias vezes desde que o livro foi traduzido no Brasil [comprei ainda na pré-venda em 2005 e veio a versão da capa com fundo preto] e só acabei em dezembro do ano passado.

O livro é bom depois que entendemos a mecânica da história, só é pena que isso só aconteça quando termina. 😆

Sinopse
A prática da magia foi considerada extinta da Inglaterra desde os tempos medievais do Rei Corvo. Em 1806, aqueles que se intitulam magos são apenas estudiosos da história da magia. Mas, um dia, dois desses magos teóricos resolvem investigar os motivos do desaparecimento da magia. E assim conhecem Mr. Norrell, um mago recluso que desafia a todos ao mostrar seus poderes. Para provar que a magia ainda existe, Mr. Norrell reúne os magos teóricos na catedral de York e faz com que as estátuas de pedra comecem a falar. Em troca de seu ato, exige a imediata dissolução da Sociedade de Magos. Agora com fama e poder, ele abandona a reclusão e vai para Londres, onde colabora com o governo no combate a Napoleão Bonaparte. Começa então a colocar em prática seu plano secreto de controlar a magia na Inglaterra.
Tudo vai bem, até o momento em que seu discípulo, o arrogante e impetuoso Jonathan Strange, resolve se rebelar contra a visão restrita de Norrell sobre o lugar destinado à magia. Strange decide seguir seu próprio rumo como mago e resgatar os poderes do lendário Rei Corvo, mas acaba colocando em risco a si próprio, aos que o cercam e à toda a Inglaterra.
Acontecimentos inusitados e personagens deste e do outro mundo, familiares e estranhos, atravessam o romance com uma boa dose de ironia e engenhosidade. Misturando ficção e fatos históricos, Jonathan Strange & Mr. Norrell levou dez anos para ser escrito e foi baseado em uma extensa pesquisa da autora sobre a história da magia inglesa. Apelidado de “Harry Potter para adultos”, o livro combina a mitologia fantástica de J.R.R. Tolkien com a comédia de costumes de Jane Austen, de quem Clarke é admiradora confessa, e ainda acena ao romantismo, à observação social de Charles Dickens e à literatura gótica de Anne Radcliffe.

Posts relacionados
10 livros em 10 dias

Anúncios