Hino Nacional Brasileiro em vários ritmos

O vídeo abaixo foi criado pelo SEBRAE [Serviço de Apoio ao Empreendedor e Pequeno Empresário], é o máximo que consegui descobrir numa busca rápida pelo Google – eu agradeço se alguém souber de mais detalhes e quiser compartilhar nos comentários. 🙂

A ideia é simples e genial: o Hino Nacional Brasileiro executado em ritmos regionais com o acompanhamento de danças folclóricas. Do nordeste tem a capoeira; do centro-oeste a catira [ou cateretê]; do norte o bumba-meu-boi; do sul eu aaacho que é a Cana Verde; depois o nordeste de novo com Maracatu, se não me engano; e do sudeste o samba-enredo.


Link http://www.youtube.com/watch?v=0_qcSl-z8OM

Esta outra versão do Hino Nacional Brasileiro com ritmos regionais é da HSM Management: o mesmo conceito, mas apenas instrumental.


Link http://www.youtube.com/watch?v=d9qRNTcaM4M

E esta versão é da Petrobras. Mesmo conceito, mas mais… institucional. For export.


Link http://www.youtube.com/watch?v=VkQCvcR56AY

Agora, cê sabe que eu gosto muito de música percussiva, portanto minha preferida é essa batucada do grupo Casa de Farinha:


Link http://www.youtube.com/watch?v=jkxqmfgvBsM

Achei bem interessante essa informação encontrada no link acima: a execução do Hino Nacional era proibida fora de eventos oficiais e fora do padrão oficial durante a ditadura militar. Eu me lembro que quando era criança não tinha nada com a bandeira do Brasil, também, nada exceto a bandeira em si. Não se usava estilizada como a gente vê hoje em época de Copa do Mundo. 😛 Era considerado desrespeito aos símbolos pátrios [além do Hino e da Bandeira, outros símbolos pátrios são as Armas e o Selo].

Penso que isso explica a importância da versão lamurienta da Fafá de Belém na campanha pelas eleições diretas – embora eu não goste daquela execução [acho chorona demais], entendo que foi um sinal de que as coisas iam mudar. E sim, eu fui criança e adolescente durante a ditadura, velha é a sua avó, muito obrigada.

Mas hoje em dia a pessoa acessa o Youtube e digita Hino + Brasil + o ritmo de sua preferência e é bem capaz que o encontre lá, inda bem. Isso não é desrespeito, é liberdade de expressão.

Anúncios

12 comentários sobre “Hino Nacional Brasileiro em vários ritmos

  1. Embora a versão regionalizada do hino seja fiel ao tamanho da pátria, eu não gosto. Amo o Hino Nacional do jeito que ele é. Pra mim ele perde toda a força e impacto quando é adaptado para qualquer outro estilo.

  2. É realmente interessante o nosso HINO poder ser adaptado para qualquer estilo, pois o que importa é o respeito que temos ao ouvi-lo. Toca profundamente o nosso coração. Devemos respeitar todos os símbolos Nacionais. Agora o que nos envergonha são os nossos políticos que não tem nenhum respeito pela nossa Pátria nem tampouco por aqueles que os leva ao poder. Sempre votei, nunca anulei nem um voto. Gosto do nosso Regime Democrático, porém, gostaria que os politicos mudassem a mentalidade deles. Seria tão bom que todos aqueles que não tem um plano de saúde e uma boa educação pudessem receber do ESTADO. Consta da nossa CONSTITUIÇÂO que todos tem direito, no entanto, o que a gente ver são pessoas morrendo à mingua dentro dos Hospitais por falta de atendimento e de um leito.Os nossos estudantes sofrem com um ensino de baixa qualidade, pois os nossos professores ganham quase igual a um GARI. Sei que toda profissão é digna e que devem ganhar para viver, porém, nossos médicos e nossos professores passam anos se aperfeiçoando e o salário faz vergonha.Me desculpem que um assunto não tem nada a ver com a maneira de cantar o nosso HINO, porém, um assunto leva a outro. Obrigada pela oportunidade.

    • Delia, de fato nossos políticos são uma vergonha, mas o povo não está muito longe. Os políticos são o reflexo de seus eleitores. Eu vejo muita gente indo na Assembléia Legislativa querendo que a Deputada (com quem eu trabalho) os passe na frente de concurso público, na frente em fila de espera de colégio, passagens aéreas e rodoviárias, pedindo para construir a casa, pedindo empréstimo, pedindo isso ou aquilo e quando falamos que o trabalho de um Deputada é LEGISLAR

    • Desculpe, apertei enviar sem querer. Mas continuando, quando dizemos que o trabalho de um deputado é legislar e não governar, e não conseguir dar um jeitinho nas coisas, as pessoas ficam furiosas, dizem que são tudo uns corruptos, que não servem para nada, que não votarão mais nessa pessoa etc e tal. Ou seja, a mentalidade da população é tão distorcida quanto a dos políticos em geral. O problema é estrutural no Brasil, é o drama de quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha. Se tivermos um povo consciente, teremos políticos decentes, mas para termos um povo consciente, precisamos de um governo e de um legislativo interessado em abrir a mentalidade da nação e fazer da população um povo mais coerente e conhecedor. O problema é que isso é contraproducente para os políticos, porque afeta o seu poder de persuasão no povo. Mas os políticos são como são justamente porque desde novos tem essa mentalidade e esta visão de que precisam chegar lá para arrumarem suas vidas.
      Enfim, não sei exatamente como quebrar o círculo vicioso, porque o que eu tenho visto é que mesmo a mais inocente das criaturas quando chega no poder se curva. Porque uma pessoa sozinha é esmagada no meio de outros e não consegue absolutamente nada a menos que dê o braço a torcer. E o povo continua ano após ano votando nos esmagadores e não naqueles que lutam por eles (mesmo porque os que lutam raramente aparecem, pois não conseguem alcançar seus objetivos).

  3. A ideia é ótima. Mas há anos atrás essa possibilidade daria prisão: o hino só podia ser tocado (e cantado) de uma forma X, sem possibilidade de quaisquer alterações.

    Momento nada a ver: o Casseta e Planeta fez anteontem algo semelhante com… propaganda política, em vários ritmos. Não sei porque lembrei disso. Deve ser porque o Hino (que eu adoro, e acho o mais bonito do mundo ever) me lembre políticos, etc. 😛

  4. há alguns anos o governo de pernambuco fez o mesmo com o hino: forró, maracatu e frevo. o hino de pernambuco ficou muito bonito (puxo a brasa para minha sardinha) e pelo visto inspirou esta iniciativa 😀

    vai no iutubiu e digita “hino+pernambuco+maracatu” para tu ver que beleza!

  5. Brasil, como vejo e sinto, um País tão plúrimo, deveria aprender com seu entorno… que ser diferente, é ser como a natureza, rica e generosa. Vida generosa. Que possamos nos educar e educar.

    É urgente, e de muti adiado, ensinar a admirar o Brasil – não a se orgulhar ! – ensinar e nos respeitar; ensinar e aprender tudo que de mais generoso temos em nós, em todos os quadrantes: a possibilidade de nos abraçarmos e beijarmos, traduzindo calor e afeto, por nos reconhecermos como irmãos e irmães.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s