Scream 2010

O Scream Awards é um evento dedicado a premiar obras nos gêneros horror, fantasia, quadrinhos e ficção científica por meio de voto popular. E voto popular, cê sabe, tem aquele probleminha de que nem sempre o melhor trabalho vence, e sim o mais popular. No caso do Scream esse problema é minimizado porque os concorrentes passam antes pela peneira de uma banca julgadora que já incluiu Neil Gaiman, por exemplo. Por isso, é a única premiação por voto popular que eu respeito, mesmo quando não concordo com o resultado.

E o show deste ano foi o melhor desde que comecei a assistir em 2007: muito mais gritos, uma plateia mais ativa, investimento em cenografia e anfitriões convidados, apresentações mais joiadas.

 

Scream 2010 - Inception

 

A abertura épica baseada em Inception deveria servir de lição de casa para os organizadores do Oscar: se uma rede de TV pequena e segmentada consegue criar um palco com aquele impacto sensorial, o céu é o limite! Nem consigo imaginar como a plateia se sentiu, se pela TV já foi legal.

Christopher Nolan foi o grande vencedor de novo [Dark Knight levou um carrilhão de prêmios em 2008], desta vez com Inception. James Cameron ganhou algumas estacas por Avatar, um consolo pelas perdas do Oscar.

Eu adoro os trofeus em forma de estacas. Ei, o Alan Ball disse que a dele faria parte da cenografia de True Blood na terceira temporada, alguém viu se ele cumpriu a promessa? True Blood voltou a vencer várias categorias este ano [adorei o Stephen Moyer incluindo a boneca de latex no agradecimento por Best Holy Sh*t Scene of the Year]: melhor série, atriz [preferia a Milla Jovovich, queria ver a louquinha de novo, mas adorei botarem I Hate Myself for Loving You como trilha sonora da Anna Paquin] e ator de terror.

 

Bill Murray - Scream 2010

 

Mas voltando ao tópico, o grande momento do James Cameron, pra mim, foi na homenagem pra Sigourney Weaver. Ela recebeu o Discretionary Heroine Award e Cameron fez um discurso de louvor, dizendo que antes dela as mulheres só apareciam em ficção científica no papel da donzela em perigo, e Sigourney mudou isso ao chegar chutando bundas. A entrada da atriz num ovo gigantesco foi outro ponto alto.

O ator Bill Murray também homenageou Weaver de forma indireta: quando ele foi receber o prêmio por Zombieland [Best Horror Movie e Best Cameo] apareceu com seu traje de Ghostbuster, até com a sujeirinha no rosto! Foi aplaudido de pé por vários minutos. Bom, por isso e porque parece que um Ghostbusters 3 está a caminho…

O público do Scream é tão radical [muitos aparecem em fantasias e cosplays caprichados] que quando o Mickey Rourke foi receber o prêmio de melhor vilão parecia até normal. 😆 E foi muito simpático no discurso de agradecimento, dizendo que ia escolher um bom lugar para guardá-lo – um onde seus cachorros não fizessem xixi nele. Outra que parecia em seu elemento era Blake Lively, que sempre se veste mal mas ali ficou até normal.

A edição deste ano confirmou uma coisa que eu já desconfiava: eu não curto besteirol norte-americano. O ponto mais fraco do evento foi o falso trailer de Super, do Rainn Wilson. Não cheguei nem a ficar com raiva da bobagem, apenas exasperada porque queria que acabasse logo pra continuar vendo o resto.

Nem mesmo a “brincadeira” que Wilson fez com o filme mais recente de Katherine Heigl foi engraçado; se fosse outro a dizer que Life As We Know It é ruim a ponto de querer matar o projecionista, quem sabe, mas vindo de quem vem… O cara ganhou um tempo e produção muito maior do que a categoria que apresentaria [a Holy Sh*t Scene].

O segundo ponto fraco do evento, pra mim, foi o número musical da M.I.A. Achei incongruente, não combinou com a vibração geral. Sarah Silverman, que faz aquele tipo de humor que acho extremamente sem-graça, apresentou uma categoria e também destoou; Jimmy Kimmel se saiu melhor na homenagem a Lost. Mas foram só esses dois pontos baixos, no mais foi muito bom, bem melhor que o Scream do ano passado.

Remake do trailer de De Volta Para O Futuro – 25 Anos


Link http://www.youtube.com/watch?v=Hroyme0Cnn8

O evento homenageou os 25 anos de lançamento de Back to the Future [o remake do trailer foi feito para o Scream] e Christopher Lloyd e Michael J Fox apareceram para a homenagem ao lado de um DeLorean [eu te disse que a cenografia este ano foi muito legal?]. [E cê viu o DeLorean em Castle S03E04??]

Sir Anthony Hopkins retornou ao Scream para divulgar o trailer de The Rite. Este ano teve bastante World Premiere, além de The Rite teve trailers de Paranormal Activity 2, Scream 4, The Walking Dead, Harry Potter & The Deathly Hallows – Part 1, Avatar [vão relançar, é isso?]

A série homenageada nessa edição foi Lost e quem agradeceu foi o Jorge Garcia. Os produtores e o elenco compartilharam o palco com destroços do avião da Oceanic Air em chamas – aliás, em quase todas as homenagens havias fogo, percebeu? Isso aconteceu porque o Comic Con Idol 2010 foi o escritor Ray Bradbury, autor de Fahrenheit 451 [a temperatura em que livros queimam]. Bradbury foi representado pelo Aaron Eckhart.

 

Alexander Skarsgard - Best Horror Actor - Scream 2010

 

Momento fofoca: Marilyn Manson apresentou o prêmio Best TV Show para True Blood e, enquanto o elenco estava no palco, ele foi até Alex Skars e chamou de lado para uma conversinha. Será que o tema foi Evan Rachel Wood? 😉

Outro aspecto positivo do show [além de celebrar gêneros ignorados pelo mainstream] é o senso de humor. Qual outra premiação apresenta categorias como Best Worst Movie [Piranha 3D] ou Most Memorable Mutilation [a centopeia humana]? A expressão de incredulidade e nojo da plateia foi impagável, Anna Paquin e Stephen Moyeer nem conseguiram assistir à sequência do suflê de coração da Maryann, uma cena da própria série que estrelam, eles viraram o rosto.

A vibração dessa festa é muito diferente de outras cerimônias, não formal ou pretensamente cool como os eventos de academias e sindicatos, nem histéricas plateias de fãs como outras votações populares. É tão diferente que mesmo Kristen Stewart relaxou e apareceu toda simpática na hora de receber a estaca, sorriu, disse mais de três frases com segurança [e frases completas!].

 

Ryan Reynolds e Blake Lively, Green Lantern - Most Anticipated Movie - Scream 2010

 

Vale a pena assistir.

Site oficial http://www.spike.com/event/scream

Posts relacionados
Scream Awards 2008
Scream Awards 2009

Anúncios

3 comentários sobre “Scream 2010

  1. Pingback: Tweets that mention Scream 2010 « Pensamentos de Uma Batata Transgênica -- Topsy.com

  2. Pingback: Scream Awards 2011 « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s