Desafio de Férias 2010/2011 | The Duke And I

Capa britânica

Quando eu tinha uns 11 ou 12 anos, mais ou menos, ganhei meus primeiros romances de banca de uma vizinha professora. Durante toda a adolescência e pós-adolescência li muita Julia, Sabrina, Bianca, Barbara Cartland, etc. O problema com esses livros é que, depois de ler centenas deles, começamos a perceber as repetições de tramas e personagens, as situações-clichê, as receitas prontas. Estava cada vez mais difícil encontrar uma história que prendesse a atenção nesse gênero e, francamente, alguns romances que li recentemente não valem o preço do sal da pipoca.

Daí veio o Desafio Literário by Romance Gracinha com o tema “romance de banca”; eu escolhi Barbara Cartland em homenagem aos meus velhos tempos, Lulu Coruja resenhou Julia Quinn. Despertou minha curiosidade, agravada pelos vários outros posts dedicados à autora que ela escreveu. Quando criei a lista pro Desafio de Férias da Pâm já tinha em mente incluir um romance de Julia Quinn e escolhi o primeiro volume da saga da família Bridgerton, que é composta pela Viscondessa viúva e oito flhos – portanto, oito livros.

Simon Basset é o novo Duque de Hastings, alto, de cabelos escuros e olhos azuis gélidos, considerado um libertino. Seu melhor amigo é Anthony Bridgerton, antigo colega de Oxford e Eton. Simon acaba de retornar à Inglaterra depois de viajar pelo mundo e é logo alvo das mamães casamenteiras, apesar de sua má-fama. Mas Simon fez uma promessa solene de nunca se casar e, depois de conhecer a irmã de Anthony, tem uma ideia que beneficiará a ambos.

Continue lendo