Desafio de Férias | To Sir Phillip, With Love

Capa britânica

Depois de devorar os quatro primeiros livros da série Bridgerton eu desacelerei um pouco e cheguei a To Sir Phillip, With Love com mais calma – o que foi estranho porque cronologicamente o início da história desse livro começa no meio do último capítulo do livro anterior [penúltimo se contar o epílogo]. Na verdade, começa até antes porque Eloise e Sir Phillip trocam correspondência durante um ano até conhecerem-se pessoalmente.

Eloise é a quinta Bridgerton, está com 28 anos de idade e já aceitara a ideia de ser uma solteirona [estamos em 1824, logo pós as guerras napoleônicas], planejando dividir uma casa com a melhor amiga Penelope Featherington, da mesma idade. Todos presumiam que Penelope permaneceria solteirona também, afinal, se Eloise rejeitara seis pedidos de casamento, Penelope nem mesmo fora pedida – até que Colin Bridgerton o fizesse [v. Romancing Mr. Bridgerton].

As perspectivas de Eloise são de um futuro solitário até que chega a última carta de Sir Philip Crane, o viúvo de uma prima distante dos Bridgerton. Ele tem duas crianças pequenas, uma casa que precisa de cuidados femininos, será que você não poderia dar um pulinho aqui e ver se de repente a sua tampa encaixa na minha panela?

Capa norte-americana

Eu penso nesse livro como o romance Adélia Prado da Julia Quinn. Ele tem aquela qualidade dos poemas da autora mineira que são plácidos na superfície, mas subentendem um turbilhão por baixo. Após um pequeno momento de tensão [e muitas risadas] promovido pelos quatro irmãos de Eloise, ela e Phillip acabam casados.

A trama trata  então do processo de conhecimento, aproximação e ajustamento entre o par central, além do próprio processo de autoconhecimento de cada um deles provocado pelo olhar do outro.

[Mas, a sério, a minha parte favorita envolve Anthony, Benedict, Colin e Gregory juntos. Isoladamente são apaixonantes, reunidos são uma força da natureza!]

Nesse livro um tive um pouco de dificuldade para imaginar o meu Sir Phillip. As meninas do Just Like Heaven mencionaram o Russel Crowe, eu cheguei a pensar no Gerard Butler, mas daí lembrei de um ator que já foi  Edward Rochester [Jane Eyre, Charlotte Brontë] e Capitão Wentworth [Persuasão, Jane Austen] e pronto. Hoje em dia ele está um pouco mais velho do que o trintão Sir Phillip, mas é Ciáran Hind na minha cabeça.

Observação: Incluí um poema da Adélia Prado no post ao invés de um trecho do livro analisado, mas não é pra interpretar o “feinho” literalmente, combinado?

Amor feinho
Eu quero amor feinho.
Amor feinho não olha um pro outro.
Uma vez encontrado, é igual fé,
não teologa mais.
Duro de forte, o amor feinho é magro, doido por sexo
e filhos tem os quantos haja.
Tudo que não fala, faz.
Planta beijo de três cores ao redor da casa
e saudade roxa e branca,
da comum e da dobrada.
Amor feinho é bom porque não fica velho.
Cuida do essencial; o que brilha nos olhos é o que é:
eu sou homem você é mulher.
Amor feinho não tem ilusão,
o que ele tem é esperança:
eu quero amor feinho.
[Adélia Prado ]

Ciáran Hind

To Sir Phillip, With Love tem um segundo epílogo de 30 páginas que pode ser lido em seguida, pois não conta spoilers dos livro posteriores.

http://www.juliaquinn.com/books/phillip.php

To Sir Phillip, with Love trilha sonora

“For Emily Wherever I May Find Her” by Simon & Garfunkel [Youtube letra]

“Your Mother Should Know” by The Beatles [Youtube letra]

“Life on a Chain” by Pete Yorn [Youtube letra]

“Someday Someway” by Marshall Crenshaw [Youtube letra]

Nota: 3
(de 1 a 5, sendo: 1 – Péssimo; 2 – Ruim; 3 – Regular; 4 – Bom; 5 – Excelente)

Este post faz parte da blogagem coletiva Desafio de Férias 2010/2011 [v. post].

Desafio de Férias 2010/2011

Ficha bibliográfica
Tìtulo: To Sir Phillip, with Love
Autor: Julia Quinn [pseudônimo de Julie Pottinger]
Série: Bridgerton, Livro 5
Editora: Avon Books
País: EUA
Ano: 2003
Páginas: 384

Curiosidade: a casca do salgueiro [willow bark] é usado desde a época de Hipócrates, o Pai da Medicina, para reduzir febre e inflamação e contém salicina, princípio ativo da aspirina [University of Maryland].

Posts relacionados
The Duke and I
The Viscount Who Loved Me
An Offer From A Gentleman
Romancing Mr. Bridgerton

About these ads

4 comentários sobre “Desafio de Férias | To Sir Phillip, With Love

  1. Pingback: Desafio de Férias 2010/2011 « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  2. Pingback: Meme | Retrospectiva Literária 2011 « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  3. Minha passagem preferida nesse são os 5 Bridgerton juntos!
    Releio sempre essa parte.

    [Mas, a sério, a minha parte favorita envolve Anthony, Benedict, Colin e Gregory juntos. Isoladamente são apaixonantes, reunidos são uma força da natureza!]²
    kkkk passo mal com essa família!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s