O silêncio é de ouro

Logo que ocorreu aquele grande terremoto seguido de tsunami no Japão, uma pessoa veio em casa e disse que aquilo foi um “castigo de Deus porque os japoneses ficavam desafiando o Senhor ao fazer prédios antiterremotos e etc.”

Te juro, eu ouvi, ninguém me contou.

Não vou comentar a religião do cara porque eu tenho amigos que frequentam a mesma igreja que ele e nenhum pronunciou nada parecido, nem nesse nem em outros casos, mas que o cidadão tava pedindo pra ser mandado à merda, ah, isso tava.

Quer dizer que quando coisas ruins acontecem com esse tipo de verme pessoa é um teste à sua fé e quando acontece com outros, não importa quão desconhecidos, é castigo divino, é?

Fico feliz porque o meu deus não é o mesmo deus daquele pretenso ser perfeito e iluminado. O meu se compadece, se emociona e fica feliz com atitudes iguais às dessas outras pessoas.

Anúncios

7 comentários sobre “O silêncio é de ouro

  1. Clap clap clap !

    Mas ainda me impressiona (embora não me surpreenda) a quantidade enorme de pessoas que acham que culpa é que nem pano de mesa, é para “se colocar em cima” — de alguém, de algum país, de alguma ideia, seita ou plano.

    Viver bem e viver em paz e harmonia ainda não são o mote. Infelizmente.

    Mas mantenhamos a esperança e façamos nossa parte, deixando que o nosso deus — seja quem/como/o quê for — nos ilumine a caminhada.

  2. infelizmente ainda tem gente que pensa assim, e pior, tem coragem de verbalizar esses pensamentos. O deus vingativo que abria a terra para engolir os infiéis e blasfemos já saiu de moda faz tempo; isso funcionava bem quando só se conseguia controlar o povo ignorante pelo medo. Mas hoje em dia isso não cabe mais.

    Meu Deus, como o seu, gosta quando vê as pessoas sendo gentis e caridosas umas com as outras, quando vê tolerância, boa vontade, e tem uma paciência infinita com a teimosia das pessoas, que insistem em fazer besteira mesmo sabendo qual será o resultado. E Ele não precisa aplicar castigos divinos, as próprias pessoas cuidam disso (aka lei do carma).

    Gente como o seu conhecido precisava de um “teste de fé” à moda antiga, tipo Jó, pra ver onde aperta o calo e se a fé dele era mesmo tão grande.

    Beijos, e paz!

  3. Pensei que os prédios anti-terremoto ajudassem a diminuir a possibilidade de estragos, dentro do possível. COMO PUDE estar tão erraaaaaaaaada???????????

    Falando sério, nem sei o que dá vontade de fazer com um ser que tem uma ideia dessas… :(((

    Fui lá no link, impressionantes as fotos, a situação e ao mesmo tempo, lindo o trabalho que eles fizeram.

    Beijão!!!

  4. seguindo essa lógica, a gripe suína/aviária é um castigo por terem inventado as vacinas?

    apaporra, viu.

    que seja esse ser bondoso, justo e misericordioso que o julgue, lá no fim dos tempos. e que me dê um camarote com direito a coca cola e batata frita para eu ver tudo em boa companhia.

  5. Namastê, minha flor! O silêncio é de ouro! Sua compaixão não apagou a paixão do impacto que o cidadão detonou… Compatilhando aqui, fica mais fácil para desopilar o fígado! O seu, o meu, o nosso… Porque o dele, destila fel… arg!

    Foi muito lindo o que os blogueiros fizeram e ainda estão fazendo.
    O povo oriental, do Japão, em especial, é de sabedoria milenar! Lost in Japan foi mencionado por Rosana Hermann, pelo muito que fez e ainda faz.
    Assim como o xará Alexandre… Mas, eu confesso que evito olhar as calamidades. Prefiro sempre a prece silenciosa, clamando por misericórdia! Uma tentativa de sintonizar com o modelo ideal, como se possível fosse, que a prece seja ouvida e que o balsamo chegue a cada um. Aprendi com a sabedoria que veio de lá, do oriente! Juro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s