Domingueiras

“Eu adoro ouvir mais exemplos de pessoas que apenas fizeram o que elas queriam fazer e não ligaram se não iriam resolver o problema todo ou não iriam fazer o maior impacto sobre o mundo, mas foram ingênuas o suficiente para fazer o que eu fiz quando eu tinha seis anos. E é incrível o que pode acontecer ao longo do tempo.” [Ryan Hreljac, via Papo de Homem]

As ruas de Marília, projeto que pretende resgatar a história das ruas da cidade paulista.

[via @technosoftnavas] Sogra é parente por afinidade e mantém vínculo mesmo com fim do casamento [ConJur]

Taí uma pegunta que nunca me fiz mas que achei legal: Saiba como trabalham os profissionais que fazem o “Closed Caption” [Folha].

Um post bem interessante de Gabriela Lira para o blog Feedback Magazine sobre o preconceito linguístico: “O que ocorre na verdade, é que o português, a norma, deriva-se da estrutura lexical praticada pelo grupo social influente na atualidade.”

A pequena Sariah Gallego decidiu unir-se ao lado negro da força!


Link http://www.youtube.com/watch?v=EJVvRgbfFKg

“Girls can be just as tough.”

Yay!!

“isso é o que acontece com o Dave Grohl quando ele resolve cantar uma canção romântica para suas fãs. ”


Link http://www.youtube.com/watch?v=3OkrmnyqAY8

Roubei do Enrique Trevellin.

Essa eu tinha visto já há alguns anos numa revista: imagem de olhos aumenta “honestidade” [Update or die].

4 comentários sobre “Domingueiras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s