Domingueiras

Nada se iguala a adormecer com um bom livro.

Imagem: I can has cheezburger

Uma amiga de dona mãe tem vindo com a neta de 16 meses pra brincar com sobrinho de vez em quando. Com 16 meses ela não fala direito ainda [e com sobrinho ao lado, que foi vacinado com agulha de vitrola, nem sobra mesmo muito espaço pra ela se manifestar] mas às vezes a guria tenta. Anturdia a pequena soltou uns “mia-mia-mia-blurrr” e sobrinho me disse “Ah, tia, não dá pra conversar com a Júlia, ela não fala português!”

Post interessante no blog da editora Cia das Letras comenta as ilustrações dos livros infanto-juvenis: “os meninos são representados fazendo uma porção de coisas — jogando bola, correndo e etc — enquanto as meninas usualmente olham pela janela”.

—-

Enquanto isso, na Pixar [e na indústria de animação de modo geral] a participação feminina é mínima.

This morning on our school bus, we had the kids from the highschool for “bad” kids. The autistic girl gets on the bus and there aren’t any open seats and she likes to sit alone, so one of the “bad” high school students gets up and lets her have his seat. knowing that a kid that messed up at one point can be really nice to a stranger, totally MMD

—-

O novato J. T. Thomas [22], draftado pelo Chicago Bears há um mês, foi o par de uma garota de 14 anos no baile da escola – mas não pense que ele esteve tirando vantagem de uma menor. “Thomas, meanwhile, knew what he was doing was nice, but he also knew it was the right thing. He has an affinity toward those who can’t do the things he’s able to do — like run, lift weights, dance or behave the way society always wants. His brother is his constant example” [NFL].

—-

O ator Alan Rickman [Severus Snape] publicou um anúncio na revista Empire em que agradece à escritora J. K. Rowling por Harry Potter [texto em português o AdoroCinema e scans das páginas dedicadas a HP no tumblr da Mica].

—-

Douglas Adams, autor do Guia do Mochileiro das Galáxias, também era roteirista: ele assinou sketches de Monty Python e episódios de Doctor Who.

—-

Escritores e seus gatos: parte 1, parte 2 e Diana Wynne Jones.

—-

Confesso que tenho, sim, preconceito literário. Tenho lido resenhas entusiasmadas sobre uma série da autora Cassandra Clare [née Claire] mas não consigo superar minha desconfiança depois do caso de plágio envolvendo a obra mais conhecida dela na época em que só escrevia fanfics – e isso aconteceu já tem mais de dez anos.

Tá procurando por uma imagem com uma paleta específica de cores, ou com um determinado tema, ou quer saber quem está usando uma imagem sua? Idee Labs.

Begin – Shimanchu nu Takara


Link http://www.youtube.com/watch?v=eZfLzKAl1kc

4 comentários sobre “Domingueiras

  1. Muito interessante essa constatação sobre as ilustrações mostrando meninas e meninos. Lembrei de uma impressão que eu sempre tenho quando vou ao Sesc levar o menininho pra brincar: os meninos vão e jogam futebol, basquete, tênis de mesa. As meninas ficam só andando dum lado pra outro cochichando, grudadas umas nas outras, olhando meninos. Eles investem na própria satisfação, elas se satisfazem na contemplação do outro. Que bobagem.

    Viajei, hein? Vixe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s