Jane Eyre [1970]

Detalhe de uma das capas de DVD

O que fazer quando você é a pessoa deslocada que não gostou de um filme no meio de todos os outros que amaram? [E por você leia-se eu.] Aproveitei que dei conta de assistir à versão 2011 de Jane Eyre sem legendas [meu listening é ruim] e fui assistir á versão de 1970 – dá pra baixar legalmente porque está em Domínio Público [e portanto posso botar o link aqui, hehehehe…] Não é integral, mas são apenas 11 minutos de corte que não parecem ter interferido muito na impressão geral – de qualquer  forma, é exatamente a mesma duração dos dvds disponíveis no mercado, porque os rolos originais de 35mm foram destruídos.

Feito originalmente para exibição na TV, faz parte de uma trilogia da NBC junto com O Morro dos Ventos Uivantes [com Timothy Dalton no papel de Heathcliff] e David Copperfield [com Laurence Olivier]. Jane Eyre 1970 foi exibido no Brasil com o título O destino de uma paixão – senquisgóde esse título se perdeu e o DVD nacional saiu como Jane Eyre mesmo.

A trilha sonora de John Williams venceu o Emmy e o ator principal, George C. Scott, levou o Oscar – não por este filme, claro, porque foi feito para TV [embora fosse exibido em cinemas na Europa] e sim por Patton: Rebelde ou heroi?. Ele recusou e devolveu o Oscar, mas isso não vem o caso aqui.

Continuar lendo