Leitura nas férias

Quando eu era criança, férias eram sinônimo de leitura caus que vínhamos para a granja de meu avô. Passava a maior parte do dia catando ovo, lavando ovo, selecionando ovo ou encaixotando ovo, mas quando dava uma folga podia me procurar na ponta do sofá mais próximo da estante que era certeza me encontrar ali. Nas férias escolares li mais de 15 anos de revista Seleções dos anos 50 e 60; a enciclopédia Trópico [que depois herdei]; Malba Tahan; Astérix; Recruta Zero; Agatha Christie; etc. Até via TV – ficava ao lado da estante de livros – mas só quando um dos adultos não estava a ver o telejornal ou a novela.

Por isso, se tem um hábito que acho megachique lá no hemisfério norte é o tal do summer reading, gente que aproveita as férias de verão [agora] pra ler. Aqui no lado de baixo do Equador as crianças estão nas férias de inverno, tá muito frio pra sassaricar fora de casa e ficar o dia inteiro na tv diminui o cérebro e emburrece, né? Por que não ler?

A Sam Shiraishi comentou lá no blog A vida como a vida quer sobre o livro Se Sujar Faz Bem, que ganhou uma edição eletrônica que pode ser baixada de graça. Os filhos da Sam, com oito e onze anos, mantêm um blog dedicado à leitura infantil e sempre dão dicas de livros interessantes, o Pequenos Leitores. Além disso, encontrei três listas indicando dez livros cada, para diferentes faixas etárias: do blog Cuidar de Bebê, da revista Capricho e da revista Gloss.

Na qualidade de tia de criança e de pré-adolê, deixo meu pitaco também. Claro que não dá pra ler tudo em um mês, mas as opções são mais variadas. Meus critérios foram simples: tentar ser o mais abrangente possível, sem restringir por abordagem de gênero ou orientação religiosa ou coisa parecida. Acho que só os quatro últimos [dos doze no total] não são recomendados para menores de 10 anos, mas certamente todos podem ser lidos por adultos também.

Bamos lá.

As Histórias Preferidas das Crianças Japonesas vol. 1 e 2 [post]
de Florence Sakade e Yoshisuke Kurosaki
Editora JBC

Alice no país das maravilhas e Alice no país do espelho
Lewis Carroll
Editora [diversos]

O fabuloso Maurício & Seus roedores letrados [post] e Os pequenos homens livres [post]
Terry Pratchett
Editora Conrad

Comédias para se ler na escola
Luís Fernando Veríssimo
Editora Objetiva

O menino no espelho [post]
Fernando Sabino
Editora Record

Convite para um homicídio
Agatha Christie
Editora [diversos]

Hotel Paradise [post]
Martha Grimes
Editora Record

Jane Eyre
Charlotte Brontë
Editora [diversos]

Orgulho e preconceito
Jane Austen
Editora [diversos]

E você, tem alguma dica?

14 comentários sobre “Leitura nas férias

  1. Tenho uma lista de 10 livros na cabeceira pra ler, que ganhei ou comprei nos últimos tempos. E eu nem tenho cabeceira… Vou tentar nestes 7 dias de férias que me restam…

  2. Malba Tahan e Lewis Carroll são ótimas dicas!
    Eu adorava o Mil e Uma Noites, uma edição com capa dura em relevo que herdei de uma amiga da minha mãe. Eu tinha só um volume e já tinha lido quatro ou cinco vezes e adorei descobrir na biblioteca da minha escola os livros restantes da coleção (menos o que era o consecutivo ao que eu tinha). Tipo de coisa que eu leria de novo nas férias, se botasse as mãos na coleção completa.
    Outro ótimo de ler de férias é Bill Bryson, principalmente porque ele escreve muito sobre viagens. Mas se eu estivesse em férias agora, uma coisa que eu adoraria ler é a coleção inteira de Calvin & Hobbes, muito relax!

  3. Gostava muito de ler Senhor dos Anéis e outros títulos de fantasia, essas férias com as crianças aqui em casa, além do inevitável video game (estão jogando Little Big Planet que é uma graça), quiseram comprar Meu querido diário Otário (sem muito conteúdo mas divertido para a faixa etária deles 7-10 anos) e Turma da Mônica, todos que conseguimos encontrar na banca de revista.
    O pessoal do “Manual prático de bom modos em livraria” ficariam irritados ao saber que quando vamos ao shopping, eles acabam ficando na livraria por preferência enquanto faço compras, mas sempre devolvem os livros no lugar.

  4. “Desventuras em série”, do Lemony Snickett!!
    A série “Eragon” também é uma delícia, “Jogos Vorazes” também!!
    E eeei, você também lia a Trópico?? Eu amava aquela enciclopédia, adorava as historinhas sobre pintores, compositores, lembro dos desenhinhos até hoje!
    Beijão!!

    • aaah, da próxima vez que eragon entrar em promo vou me lembrar da sua dica😉 [e torcer pros outros entrarem também.]

      deh, cheguei a usar a trópico em trabalhos escolares ainda no início da década de 80, tem coisa lá que não mudou tanto assim!

  5. Esse ritual de comprar livros nas férias é sagrado a uns anos aqui em casa. O problema maior é que os q compro sempre são insuficientes. Agr mesmo ´cabou a safra e peguei uns clássicos na casa de papai, mas Clarotas não se animou, nem eu falando de Enen, vestibular…

    Recomendo Jogos Vorazes e Em Chamas (2o é continuação do 1o). Viciantezinho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s