Miss Universo 2011

Leila Lopes (Angola) e Jimena Navarrete (México)

A sexagésima edição do concurso Miss Universo aconteceu pela primeira vez no Brasil e foi organizado pela rede Bandeirantes, que transmite o evento na TV aberta. Esta edição bateu o recorde de países e territórios participantes [89], dos quais dezesseis candidatas passaram para a segunda fase: Portugal pelo voto do público e as outras 15 pelos votos dos juízes das preliminares [BJ Coleman, Francesca Romana Diana, Ana Paula Junqueira, Scott Lazerson, Matheus Mazzafera, Jimmy Nguyen e Lara Spotts]. Foi a primeira vez que o Top15 virou Top16.

Eu comecei a assistir ao vivo quando anunciaram a seleção das dez sobreviventes para a terceira fase, escolhidas pelos juízes de palco [Hélio Castroneves, Connie Chung, Isabeli Fontana, Vivica A. Fox, Adrienne Maloof-Nassif, Lea Salonga, Farouk Shami, Amelia Vega – Miss Universe 2003 e Italo Zanzi] – não, um pouquinho antes, quando anunciaram Miss Simpatia [Montenegro] e Fotogenia [Suécia], e fiquei horrorizada com o “prêmio” que cada uma ganhou: mil dólares. Tá de brincadeira, né? Que mixuruca! Só de inscrição cada participante paga 80 mil!

Desta vez valeu a pena acompanhar a transmissão pela Band por dois motivos: como é a organizadora, o canal exibia imagens de palco que a geradora oficial [NBC] não exibia. Era possível ver o trabalho das chaperonas e ajudantes, a comunicação do evento com o público [“não pode apito”] etc. Outro ponto a favor foi que o canal substituiu a equipe de comentaristas do passado, que não comentava nada, só torcia pela candidata brasileira a ponto de ser rude.

Ainda falta criar um hábito consistente nos narradores de estudar a respeito do que vão falar, mas até que Adriane Galisteu se esforçou nesse ponto, citando estatísticas e curiosidades aqui e ali misturadas a alguns achismos [“as candidatas têm mania de usar o cabelo solto” ou “é mais comum a gente ver vestidos pretos”].

Não guardei o nome da nova comentarista, mas fiquei com uma boa impressão: ao contrário do “missólogo” anterior, ela não elogia as candidatas esqueléticas e, ao contrário da Luiza Brunet na TNT, não é condescendente achando todas “belíssimas”. A comentarista nova tem os critérios dela e explica porque gosta de tal candidata e desgosta de outra.

Um ponto morto, pra mim, foram os números musicais. No ano passado teve Cirque du Soleil e John Legend e comentei que foi um avanço enorme em relação a 2009; este ano teve Claudia Leite [Batucada Locomotion] e Bebel Gilberto [Close Your Eyes] nas apresentações ao vivo, e Black Eyed Peas na trilha de abertura [Mas Que Nada]. Não chega a ser tosco como Heidi Montag e Flo.Rida, mas desceu uns degraus comparado com 2010.

Mais tarde baixei o vídeo do concurso, em inglês, e assisti inteiro. A apresentação inicial foi meio irritante, com as candidatas gritando nome e idade. O @TommyBeresford comentou isso no domingo, quando a Band passou uma espécie de prévia em que fizeram a mesma coisa. Depois da vigésima ou vigésima-terceira a gente fica meio irritada, meio anestesiada e elas passam como um borrão que buzina [mesmo assim deu pra perceber que a Venezuela se rebelou e disse “veintecinco años” em vez de “twenty-five”].

Essa impressão de borrão foi reforçada pela semelhança de várias candidatas, ou facial ou capilar. Havia uma variação no tom da pele, claro, com tantas etnias representadas, mas o cabelón imperava. Tive um déjà-vu, parecia que estava no meio de um capítulo de Dallas ou Dinastia. Eles têm de vender o laquê CHI do Farouk Shami, né? :lol:

Com tanta gente pra mostrar, o desfile de fantasia traje típico desta vez resumiu-se aos dez primeiros lugares, vencido pela panamenha. A da brasileira foi uma boa surpresa, meio óbvia mas muito melhor do que do ano passado [lembra da baiana cocada?]. A partir da seleção das top 10 eu era Angola desde criancinha.

Ucrânia, Filipinas, China, Brasil e Angola

Na fase das perguntas eu só antipatizei com a Filipinas, a favorita do público internacional. Perguntada se abandonaria a religião por amor, ela respondeu que não porque a convicção religiosa dela é muito forte e quem quiser ficar com ela é que tem de mudar e aceitar isso. Tá bom, fofa. A Brasil teve sorte, a pergunta foi feita originalmente em português e o tema geral era “paz mundial” – Galisteu tentou valorizar dizendo que era a pergunta mais difícil, mas nessa etapa o que importa menos é a resposta, e sim a confiança da candidata.

Aí vem a Angola, que também fala português, e o tradutor atropela a resposta da moça. Eu brinquei no twitter que era sabotagem, mas a candidata não tremeu, não perdeu a autoconfiança e se manteve cortês e sorridente enquanto o tradutor interrompia o fluxo do seu discurso. Fiquei mais fã ainda.

Quando o anúncio da vencedora saiu, minha timeline quase inteira comemorou. Infelizmente, algumas pessoas insistem em chover na parada dos outros e algumas reações racistas já foram detectadas Internet afora, disfarçada ou escancaradamente.

Por isso, continuo comemorando sim a vitória de Leila Lopes junto com as pessoas que também torciam ontem à noite, mas sem esquecer de anotar no caderninho os “seres superiores” que reclamaram.

Posts relacionados
Final de copa o mundo [Miss Universo 2007]
Miss Universo 2008
Miss Universo 2009
Miss Universo 2010

Atualização: Agradecimentos especiais à @telinha pelo link coas imagens das fantasias!

14 comentários sobre “Miss Universo 2011

  1. não vi o concurso, mas estava vendo as fotos das ‘fantasias’ aqui no post e… o que que é isso? algumas são inacreditavelmente horrorosas (acho que a EUA e a sereia da Venezuela empatam).

    e jura que ainda tem quem critique a vencedora pela cor da pele? afe… concordo com a Monica.

  2. Estou apaixonada pela miss universo. Que mulher linda! É uma beleza muito familiar, pois temos muitas meninas brasileiras parecidas com a Leila. Viva Angola. Viva o povo negro da África e da diáspora.

  3. Foi merecedor, uma verdadeira MISS…..GENUINA, SEM PRECISAR PASSAR MTO VERNIZ……. porque as qualidades ñ estam na raça, mas sim no ser HUMANO…olhem a volta do mundo o q esta se passando com a Zona EURO (PA)….Porqué???? O ser Humano está perdendo valores e qualidades…Parem com o PRECONCEIRO e vejam se ao espelho…….FORÇA LEILA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s