SuperBowl XLV

Green Bay Packers: campeões do Super Bowl 45

Pela primeira vez em muito tempo, comecei a assistir ao Super Bowl já na torcida por um time – o que acabou perdendo, mas nem foi por isso que terminei o dia meio decepcionada com o evento. Perder faz parte do jogo, é normal, e um time que comete três turnovers e erra um field goal tá pedindo por isso. Mesmo assim, a diferença de apenas três pontos no placar mostra que o jogo foi parelho.

Não teve nenhuma grande jogada digna de Top 10 como as duas últimas edições [a conversão de dois pontos do Steelers no terceiro período foi legal, mas não pra Top 10]. Parabéns pro Packers, que se ergueram num trabalho duro e sem condescendência consigo mesmo. Da vaga obtida na repescagem pro campeonato, aquela história de superação que todo mundo [inclusive eu] adora.

A transmissão na TV brasileira foi exclusiva do BandSports, e essa foi a minha única colaboração na Wikipedia: corrigir a informação no verbete em inglês, que apontava a ESPN. No ano passado os dois canais transmitiram simultaneamente e optei por assistir pelo BS porque exibem menos comerciais, mas dessa vez não tinha opção. Eu geralmente gosto da transmissão do canal, só que ontem me irritei um pouco.

Com um narrador e dois comentaristas a coisa já fica meio justa, e ainda botaram dois convidados-torcedores junto com a transmissão, o que acabou gerando ruído e distraindo a atenção de coisas importantes que ocorriam em campo, sem contar entradas ao vivo de um bar em São Paulo que exibia o jogo antes do primeiro e do segundo tempos. Com isso, perdemos a entrada do Steelers e o pré-show. Se não fosse um dos comentaristas chamar a atenção, perderíamos até o show do Black Eyed Peas.

E vou me abster de comentar o jogral roteirizado de uma rede de restaurantes. Espero que o dinheiro tenha valido a pena.

Lea Michele – America the Beautiful

Link http://www.youtube.com/watch?v=7cYfuj0-rc8

Christine Aguilera – Star Spangled Banner

Link http://www.youtube.com/watch?v=H12dm7xIAfU

Momento Vanusa, ela errou a letra e inventou um verso ali no meio. 😆

Black Eyed Peas – Half-time show


Link http://www.youtube.com/watch?v=P047lJa2GXY

Dessa vez não teve delay entre imagem e som que a geradora impõe desde Janet Jackson.

Setlist:
“I Gotta Feeling ”
“Boom Boom Pow ”
“Sweet Child o’ Mine” (Slash and Fergie)
“Pump It”
“OMG” (Usher)
“Where Is the Love?”
“The Time”

O grande positivo do jogo foi a confraternização entre adversários, era comum vê-los conversando e rindo juntos em campo. O savoir faire do treinador Mike Tomlin cumprimentando os vencedores e consolando seus jogdaores foi muito elegante. No todo, um bom evento.

Posts relacionados
SuperBowl XLIV
SuperBowl XLIII
SuperBowl XLII

Anúncios

4 comentários sobre “SuperBowl XLV

  1. Pingback: SuperBowl XLVI « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s